Aeroporto de João Pessoa (PB) registra 100% de crescimento de cargas no 1º semestre de 2018

Aeroporto de João Pessoa. Imagem: Divulgação / Infraero

O Terminal de Logística de Carga (Teca) do Aeroporto Internacional de João Pessoa/Presidente Castro Pinto (PB) dobrou o volume de cargas movimentadas no primeiro semestre deste ano. O crescimento registrado foi 108,4% superior em relação ao mesmo período do ano passado. Nos primeiros seis meses de 2018 foram movimentadas 23,2 toneladas no complexo logístico paraibano, já em 2017, foram 11,1 toneladas.




O destaque foi o setor de importações, responsável por praticamente todo o processamento de cargas, com 23,1 toneladas. Os principais volumes importados no período a partir do Teca paraibano foram produtos médicos provenientes da China. Já as exportações somaram pouco menos de 1 tonelada.

O aumento do volume de cargas no Teca de João Pessoa acompanha a retomada do crescimento econômico do país. Aliado a isso, a Infraero vem trabalhando junto às empresas importadoras, buscando prospecção e assessoria com parceiros para apresentar facilidades, possibilidades de redução de custos e vantagens que a nacionalização de mercadorias no Teca do aeroporto paraibano pode oferecer.

O complexo logístico paraibano possui área de armazém alfandegado de cerca de 350m², contando com infraestrutura que inclui empilhadeiras e câmaras frias, tendo suas atividades focadas no segmento de importação.

Terminal de João Pessoa (PB) – Imagem: Divulgação / Infraero

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Infraero.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.