Aeroportos de Cuiabá e Sinop têm manutenções de pista concluídas

Imagem: Infraero

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) havia firmado contrato com a concessionária Centro-Oeste Airports (COA) para a execução de serviços de medição de atrito, macrotextura e de remoção de borracha nas pistas de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional de Cuiabá – Marechal Rondon, em Várzea Grande, e do Aeroporto Presidente João Batista Figueiredo, em Sinop, ambos no Estado de Mato Grosso.

Agora, a empresa informa que os serviços foram realizados e concluídos no mês de agosto e seguiram as normas estabelecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Essas são atividades de rotina em aeroportos para garantir as boas condições de aderência dos pavimentos das pistas de pousos e decolagens.

O contrato entre a Infraero e COA ainda prevê a realização dos serviços de medição de atrito e de macrotextura em mais três oportunidades no Aeroporto Internacional de Cuiabá – Marechal Rondon.

“Temos expertise em todas as atividades que compõem as operações aeroportuárias e de manutenção. Por isso, podemos oferecer aos aeroportos públicos e privados soluções customizadas, adequadas ao porte e às necessidades de cada terminal”, destaca o superintendente de Gestão da Manutenção da Infraero, Ricardo Miranda.

Marco Antônio Migliorini, diretor-presidente da COA, esses serviços de manutenção são extremamente importantes para a segurança operacional dos aeroportos.

“É um trabalho constante e que fazemos desde o dia que passamos a ser a concessionária do Marechal Rondon e do aeroporto de Sinop. Trabalhamos diariamente para melhorar a experiência do usuário e as condições operacionais nos quatro aeroportos que administramos em Mato Grosso. E os trabalhos têm sido muito positivos, com uma série de certificações que melhoraram as operações dos empreendimentos e possibilitaram o incremento da malha aérea”, finaliza o diretor-presidente.

Informações da Infraero

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Boeing 737 tem todos os pneus principais estourados no pouso

0
No estranho incidente na tarde da sexta-feira, algo levou todos os pneus do trem de pouso principal do Boeing 737 a estourarem no pouso.