Aeroportos de Uberlândia e Joinville recebem certificação; Santarém vira internacional

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Aeroporto Uberlândia
Imagem: Prefeitura de Uberlândia

Os aeroportos de Uberlândia, em Minas Gerais, e Joinville, em Santa Catarina, receberam, na última semana, os Certificados Operacionais de Aeroportos (COA) outorgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).

A certificação é emitida aos operadores dos terminais após comprovarem o atendimento aos requisitos regulamentares de infraestrutura e segurança operacional exigidos pela ANAC. As portarias que concederam os certificados foram publicadas em 17 e 19 de fevereiro e podem ser consultadas neste link.

Com a certificação, o aeroporto de Uberlândia poderá ampliar a oferta de voos comerciais e também realizar voos regulares com aeronaves mais exigentes àquelas atualmente em operação no terminal, desde que compatíveis com o código de referência 4C ou inferior. Atualmente, o aeroporto conta com 18 frequências semanais operados pela Gol, Latam, Azul e Passaredo.

O aeroporto de Joinville também passa a operar com o código de referência 4C ou inferior, e poderá ampliar o número de voos de acordo com os novos requisitos. Atualmente, o aeroporto recebe cinco frequências semanais operados pela Gol, Latam, Azul. 

Com capacidade para receber até 1,3 milhão de passageiros ao ano, em 2020 foram contabilizados, no terminal catarinense, 191.183 viajantes, entre embarques e desembarques, e 3.716 operações, entre pousos e decolagens.

Atualmente, o aeroporto de Joinville já conta com movimento operacional próximo a 45% do quantitativo de voos registrados no período anterior à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), com média semanal de 40 operações. Os destinos são as cidades de Guarulhos e Campinas.

Aeroporto de Joinville – Imagem: Infraero

Internacionalização do aeroporto de Santarém

Infraero Aeroporto Santarém Aérea
Aeroporto de Santarém – Imagem: Infraero

No início deste mês, a ANAC publicou a Portaria nº 4195/2021 referente à internacionalização do aeroporto de Santarém, no Pará, para receber voos alternados.

A nova designação do aeroporto permite que voos internacionais possam pousar no aeroporto de Santarém, caso a operação no aeroporto de destino original do voo se torne impossível ou desaconselhável.

Aeroportos alternados são uma segunda opção de pouso indicados pelos operadores aéreos em casos de imprevistos como mau tempo, interdição de pistas e outras ocorrências que possam restringir pousos e decolagens em um aeroporto.

Informações da ANAC

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Preço do querosene de aviação acumula alta de 71%, com +20%...

0
O aumento no acumulado no ano supera o dos dois combustíveis mais comercializados no país, a gasolina e o diesel.