Agente de segurança preso ao enganar mulher e fazê-la mostrar os seios no aeroporto

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Foto por Junkyard kahrs, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia

Hoje em dia, há de se ficar muito atento e ter discernimento para entender quando uma situação ultrapassa dos limites, já que a quantidade de pessoas dispostas a aplicar golpes é notadamente grande. Isso envolve todas as esferas da sociedade, e o caso de um agente de segurança do aeroporto de Los Angeles, que deveria zelar pela segurança, é um exemplo.

Segundo essa matéria publicada no Denver Post e de autoria da Associated Press, o agente, sem escrúpulos, enganou uma passageira antes de seu voo, fazendo-a mostrar os seios enquanto passava pela segurança do aeroporto internacional. O caso aconteceu em junho de 2019.

O homem, identificado como Johnathon Lomeli pela polícia, foi demitido e, agora, condenado a 60 dias na prisão e mais 52 aulas sobre compulsão sexual, além de dois anos de liberdade condicional. Ele também está impedido de trabalhar como segurança em qualquer lugar que seja.

O que aconteceu

A vitima disse aos investigadores que Lomeli levou-a a uma sala e insistiu para que ela retirasse o sutiã na frente dele para que pudesse verificar que ela não estava escondendo nada. Só estavam os dois no local, quando tal procedimento requer a presença de policiais femininas. Depois disso, ela a fez segurar as calças longe da cintura para uma verificação.

Após o assédio, o agente liberou a mulher, comentando que seus seios eram bonitos. Revoltada, ela denunciou o constrangimento e uma investigação confirmou sua versão, levando à punição do agressor.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

people inside commercial air plane

Passageiro recebe cobrança de $988 milhões por upgrade de assento em...

0
Um passageiro da empresa aérea australiana Qantas recebeu uma cobrança recorde por um upgrade de assento num voo doméstico de quatro horas