Air Canada vai parar de chamar seus passageiros de “senhoras e senhores”

A Air Canada deixará de se referir aos seus passageiros como “senhoras e senhores” durante os anúncios a bordo, para remover referências específicas a gênero, de acordo com um memorando interno enviado aos funcionários.

Avião Air Canada Airbus A330-300 senhoras
Airbus A330-300 da Air Canada – Imagem: Air Canada

A mudança significará que os funcionários cumprimentarão os clientes usando frases como “hi everyone” (olá a todos) ou “good night everyone” (boa noite a todos), em vez de “mesdames et messieurs” ou “ladies and gentlemen”, relata o La Presse.

Na carta aos funcionários, a companhia aérea escreve: “Queremos garantir um espaço inclusivo para todos, incluindo aqueles que se identificam com o gênero X”. A carta acrescenta que “a mudança será refletida no Manual de Anúncios a Bordo, como parte de nosso compromisso de respeitar a identidade, diversidade e inclusão de gênero. Informaremos quando esta atualização estiver disponível e quando implementaremos essa alteração.”

E conclui: “Trabalhamos duro para garantir que todos os funcionários se sintam como membros valiosos da família Air Canada, garantindo que nossos clientes sejam respeitados quando optarem por viajar conosco”.

Entende-se que a mudança será adotada pelos agentes do portão, comissários de bordo e pilotos.

Ações ao redor do mundo

Em abril, a United anunciou que se tornaria a primeira nos EUA a permitir que os passageiros se identificassem como outros gêneros além de homens e mulheres. Num tweet, a empresa dizia: “voe como você se identifica. Nossas novas opções de gênero não-binárias estão agora disponíveis” A peça incluía uma imagem dizendo que seus clientes agora podem reservar bilhetes como ‘Mr’, ‘Ms’ ou ‘Mx’ – o que significa não especificado.

Toby Enqvist, diretor de atendimento ao cliente da United, disse: “A United está determinada a liderar o setor de inclusão LGBT, e estamos muito orgulhosos de ser a primeira companhia aérea dos EUA a oferecer essas opções de reserva inclusivas para nossos clientes. A empresa está entusiasmada em compartilhar com nossos clientes, independentemente de se identificarem, como masculino ou feminino, que estamos tomando as medidas necessárias para demonstrar nosso cuidado por eles, além de fornecer treinamento adicional aos funcionários para nos tornar ainda mais acolhedores para todos os clientes e funcionários.

British Airways, Air New Zealand, American Airlines e Delta confirmaram que estavam se preparando para trazer mais opções de gênero. Desde 1º de junho, as companhias aéreas da Airlines for America permitiram que os passageiros escolhessem ‘não especificado’ e ‘não divulgado’, além de ‘masculino’ e ‘feminino’.

Um porta-voz disse: “As companhias aéreas americanas valorizam uma cultura de diversidade e inclusão, tanto no local de trabalho quanto para nossos passageiros, e trabalhamos duro todos os dias para atender às necessidades de todos os viajantes, proporcionando uma experiência de voo segura, segura e agradável”.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.