Air Europa adia retorno a destinos no nordeste do Brasil

A Air Europa estaria revendo sua malha de longo curso para as Américas, num movimento que deve envolver alterações no plano de retorno dos voos ao nordeste brasileiro. Apesar dos voos a Salvador estarem programados a retornar, as operações para Recife e Fortaleza devem ser jogadas para o fim de março em diante.

Segundo um memorando interno acessado pelo jornal espanhol Preferente, especializado em turismo, a volta da empresa aérea às cidades de Fortaleza e Recife, assim como a outros destinos americanos como Cancun e Nova Iorque, serão postergadas para além de março de 2021. O início dessas rotas estava antes previsto para novembro e dezembro desse ano.

Uma consulta ao sistema de reservas da empresa nesse sábado, 18 de outubro, confirma a informação do Preferente, revelando que:

FORTALEZA e RECIFE apresentam disponibilidade de reservas somente a partir de 28 de março, com voos diretos para Madri operados por aeronaves Boeing 787-8 aos domingos e quartas-feiras. A partida acontece em horário noturno. Nesse ínterim, passageiros dessas regiões podem voar para a Espanha saindo de Salvador.

SALVADOR tem voos a partir de 16 de dezembro, também com Boeing 787-8 e operando às quartas e sextas-feiras com voos saindo no final da tarde. Chamou a atenção os preços altos da rota, custando entre R$ 4.900 e R$ 6.600 o voo direto para o período pesquisado entre dezembro e janeiro.

Em paralelo, caminha na Espanha o processo de aquisição da Air Europa pelo grupo IAG, do qual a Iberia, sua concorrente, é participante. Não há uma data final para o processo ser concluído, sobretudo após o impacto da Covid, mas o IAG confirmou que o plano segue ativo e que o governo espanhol deu parecer favorável. Também não se sabe ainda como ficará a nova estrutura da empresa e a malha de rotas depois que a aquisição for concluída.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias