Air Europa terá voos para mais de 20 cidades do Brasil, após acordo com a GOL

Air Europa

A Air Europa deu mais um passo em seu desenvolvimento internacional e, a partir de janeiro do próximo ano, “voará” para mais de 20 cidades brasileiras de São Paulo, Recife, Fortaleza e Salvador da Bahia, a partir de um novo acordo de codeshare com a GOL.

Essa é uma prorrogação do acordo interline atualmente em vigor e, com esta aliança, a aérea espanhola implantará seu código em 78 voos domésticos no Brasil e ofereça aos seus passageiros da Europa, via Madrid, conectividade e uma ampla gama de voos para algumas das cidades brasileiras mais importantes.

Empresa acredita em sinergia

Segundo a empresa, as sinergias geradas por este acordo também resultarão no aumento do tráfego turístico europeu para o Brasil e na obtenção de vantagens significativas para os passageiros que viajam em codeshare, como a compra de um único bilhete, um único faturamento e maior conveniência e facilidade em conexões com o mínimo de tempo de espera.

A empresa reafirma com este acordo seu compromisso com o Brasil, país onde atua há mais de 20 anos. Atualmente, a companhia aérea tem voos diretos de Madri para São Paulo, Salvador e Recife. A partir do final deste mês de dezembro, também voará para Fortaleza, cidade com a qual completará sua presença no triângulo turístico do nordeste do Brasil.

Como ficaria após a aquisição da Air Europa pelo IAG

Os executivos de ambos os lados não se pronunciaram a respeito, mas, de acordo com a história abaixo, a Iberia (um dos membros do IAG) pensa em fazer um processo de simplificação de marca, reduzindo a quantidade de empresas na Espanha.

Quando o International Airlines Group (IAG) anunciou a aquisição da Air Europa em outubro desse ano, o futuro do mix de marcas do grupo ficou incerto. No entanto, segundo novas informações apuradas pela agência espanhola EFE, os caminhos estão sendo desenhados. Ao que parece, a tendência é que o grupo racionalize o número de marcas que opera na Espanha, o que, em outras palavras, significa que apenas uma marca será mantida.

Num contexto como esse, a tendência natural é que a marca Air Europa desapareça. Veja:

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.