Air France encerra voos do seu A340 no Brasil, agora é a vez dos Boeings

A Air France faz hoje a sua última operação com o Airbus A340 no Brasil, a partir de agora, a aeronave será substituída por aviões Boeing.

Airbus A340 AIr France
Airbus A340-300 da Air France © Eric Salard

Nessa fim de semana, duas empresas param de operar com o Airbus A340 no Brasil. Primeiro será a Air France, que descontinua o uso do equipamento no país nesta sexta-feira (25), seguida pela TAP, que encerra no sábado. Curiosamente, os dois voos finais da aeromnave em território nacional acontecem no nordeste.

No caso da Air France, o último voo será na ligação entre Fortaleza e Paris. Trata-se de uma rota muito rentável para a companhia frances, cuja ocupação é de cerca de 90%, na média. Como consequência, a empresa decidiu aumentar a oferta na rota na alta temporada, já que o Boeing 777-200ER tem capacidade para levar cerca de 10% a 15% passageiros a mais do que o quadrijato da Airbus.

Além disso a aeronave tem maior performance e capacidade de carga, o que são grandes fatores para a companhia aérea francesa aumentar seus negócios. A substituição acontece a partir do próximo domingo, 27 de outubro.

O A340 francês tem larga história no Brasil, já tendo realizado as ligações de Paris com Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e, mais recentemente, em Fortaleza após o fim da Joon, sua subsidiária low-cost que acabou não sobrevivendo muito tempo, devido a um modelo de negócio que se mostrou inviável.

Mais Boeings

No entanto, uma nova mudança já está prevista para março de 2020.

Com o fim da alta-temporada, o Boeing 787-9 assumirá o voo a partir de 29 de março. O jato irá substituir o 777 e levará praticamente o mesmo número de passageiros que o A340-300, ou seja, 276 passageiros, contra 316 do 777.

No entanto, apesar da redução, os passageiros contarão com uma nova classe executiva, com 30 assentos-suítes com acesso direto ao corredor, com poltronas-cama e maior privacidade. Além disso o Dreamliner é equipado com 21 assentos na econômica-premium na disposição 2-3-2 e 225 assentos na econômica com a disposição 3-3-3.

Com informações do portal Routes Online

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos