AirBaltic revela vídeo da pintura especial do A220-300 YL-CSL

Na sexta-feira (09), a airBaltic reuniu seus parceiros e funcionários em um evento especial no Aeroporto Internacional de Riga para apresentar um presente exclusivo à Letônia para o centenário do país: uma decoração especial em uma aeronave Airbus A220-300.




Avião Airbus A220-300 airBaltic Special Livery Letônia Latvia

Apresentação da pintura especial do A220-300 YL-CSL

O A220, com registro YL-CSL, representa a bandeira da Letônia e recebe o nome da capital da Letônia, Riga.

O presidente da Letônia, Raimonds Vejonis, comentou: “Sendo um patrono do centenário do estado letão, estou duplamente feliz por receber este presente, porque cada presente para o nosso país neste aniversário é um presente para cada um de nós, letões. A bandeira vermelha-branca-vermelha é a nossa santidade e o nosso símbolo. É a prova da determinação de nosso povo para lutar e proteger sua liberdade. Obrigado por este presente, que nos permitirá olhar para o céu com orgulho!”

Martin Gauss, diretor executivo da airBaltic, disse: “A equipe da airBaltic considera uma alegria e uma honra apresentar um presente especial para o centenário da Letônia, que é um evento histórico para todos os letões. Agora a bandeira da Letônia é orgulhosamente erguida acima de nós no alto do céu ao redor do mundo. Em nome da airBaltic, desejo à Letônia mais prosperidade e bem-estar, e cada letão ficará orgulhoso do seu estado e realizações, tanto na vida quotidiana como neste plano.”

Esta é a primeira aeronave da airBaltic a ser pintada em uma pintura especial. Para criá-la, 15 pintores profissionais trabalharam por 1000 horas. No total, durante o processo foram utilizados 250 litros de primer, tinta e verniz.

Confira no vídeo a seguir todas as etapas da pintura do A220.

 
Informações pelo Aeronautics Online.
 




Low-cost airBaltic, da Letônia, recebe mais um Airbus A220-300

Delta Air Lines recebe seu primeiro Airbus A220-100

Neeleman: Nova aérea voará para o Brasil com o Airbus A220

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.