Airbus usa o 1º avião A350 produzido na história para levar ajuda a Beirute

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Airbus Missão Ajuda Beirute Líbano
Imagem: Airbus

Imediatamente após a recente explosão em Beirute, no Líbano, no início de agosto, a Airbus forneceu imagens de satélite para analisar os danos e ajudou analistas do governo, ONGs e socorristas a ganhar visibilidade sobre a catástrofe.

Agora, a Airbus Foundation, juntamente com seus parceiros Association Les Amis Du Liban-Toulouse, Centre Hospitalier Universitaire de Toulouse, a Câmara Municipal de Toulouse, a Cruz Vermelha Alemã / Bayer AG e a Aviation sans Frontières, enviou um avião Airbus A350 XWB totalmente carregado partindo de Toulouse, na França, para Beirute, no Líbano, com volume de 90 metros cúbicos de ajuda humanitária a bordo.

Airbus Missão Ajuda Beirute Líbano A350-900 XWB
Imagem: Airbus

O jato utilizado, conforme se observa nas imagens da missão, é o A350-900 número 001, a primeira unidade da família A350 XWB a ser produzida, que voa registrado sob a matrícula F-WXWB. Segundo dados do FlightRadar24, a entrega foi realizada na última sexta-feira, 11 de setembro.

A plataforma de rastreamento de voos também mostra que na véspera, 10 de setembro, a Airbus efetuou um voo local de quase 2 horas em Toulouse com o jato, possivelmente sendo um teste em preparação para a viagem ao Líbano, uma vez que o F-WXWB havia ficado fora de operação desde o final de julho.

FlightRadar24 Voo Airbus A350 Ajuda Beirute
Os voos do A350 pela missão ao Líbano – Imagem: FlightRadar24

Airbus Missão Ajuda Beirute Líbano A350-900 XWB
Imagem: Airbus

A carga, que fornecerá auxílio necessário para os afetados pela explosão de Beirute, incluiu medicamentos, bem como viseiras e máscaras, itens escolares, produtos elétricos e equipamentos de TI. Os produtos são destinados ao Centro Médico da Universidade Saint George Hospital, em Beirute, à associação local Arc de Ciel e à Cruz Vermelha Libanesa.

“Todos nós vimos a devastação deixada no rastro da explosão em Beirute e nós, da Airbus, desejamos às pessoas e à cidade de Beirute uma recuperação rápida”, disse Julie Kitcher, EVP de Comunicações e Assuntos Corporativos da Airbus. “Agradeço aos nossos parceiros e à tripulação do A350 envolvida neste projeto pelo apoio logístico e pela dedicação. Sem seus tremendos esforços, esta missão especial não teria sido possível.”

Na viagem de volta, o A350 levou 11 estudantes libaneses à França para continuar seus estudos, como parte de uma iniciativa organizada por Les Amis Du Liban-Toulouse.

Com informações oficiais da Airbus

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduado em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Avião Amaszonas Bolívia Embraer 190

Com aviões Embraer, Amaszonas estreia voos para São Paulo nesta segunda

0
A Amaszonas, companhia aérea privada boliviana que tem também uma filial no Uruguai, estreia nessa segunda-feira sua ligação entre a Bolívia e o Brasil