Airbus A320 com 172 passageiros quase é abatido em voo na Síria

Um avião comercial Airbus A320 que transportava 172 passageiros quase foi abatido em sua aproximação a Damasco, depois que a Síria disparou mísseis antiaéreos em resposta a um ataque, segundo um porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia.

Avião A320 Close Baixo
Airbus A320

A Rússia acusou a força aérea israelense de usar o avião de passageiros como um escudo contra as defesas aéreas da Síria, pouco após às duas horas da manhã da quinta-feira, 6 de janeiro, espelhando um incidente em 2018 no qual as forças sírias derrubaram acidentalmente um avião de reconhecimento russo, matando 15 militares russos.

O incidente dessa quinta-feira sublinhou o perigo contínuo de que ataques aéreos regulares de Israel na Síria poderiam levar a um grande confronto internacional.

O avião foi desviado para a base aérea russa de Hmeimim e aterrissou em segurança, disse o porta-voz do Ministério da Defesa russo Igor Konashenkov.

Ele não detalhou qual o avião que voava de Teerã para Damasco, mas as informações do site de rastreamento de voos FlightRadar24 indicam que era provavelmente uma aeronave da companhia síria Cham Wings.

FlightRadar24 Voo Syria A320 Quase Abatido
O A320 da Cham Wings chegando a Damasco no dia 6 – Imagem: FlightRadar24

O incidente ocorre um mês depois que o Irã derrubou o Boeing 737 ucraniano de passageiros logo após a decolagem de Teerã, matando todos os 176 passageiros e tripulantes.

O jato da Ukrainian Airlines foi atingido por uma bateria de defesa aérea do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica nas tensas horas depois que o Irã realizou ataques de mísseis retaliatórios contra posições dos EUA no Iraque.

Segundo Konashenkov, quatro caças F-16 israelenses dispararam oito mísseis contra alvos próximos a Damasco no início dessa quinta-feira, e forças sírias dispararam os sistemas de defesa antimísseis.

“Foi puramente graças às ações rápidas dos controladores de tráfego aéreo no aeroporto de Damasco e à operação eficaz do sistema automatizado de controle de tráfego aéreo que o avião de passageiros Airbus 320 foi rapidamente redirecionado da área de combate aéreo da Síria e pousou com segurança no local mais próximo, a base aérea russa Hmeimim”, disse ele.

Konashenkov disse que o uso de aeronaves civis como escudos para impedir que as forças sírias respondam aos ataques está “se tornando uma característica da força aérea israelense”. Ele acrescentou: “Infelizmente, essas operações de estrategistas israelenses não se importam nem um pouco com a vida de centenas de civis absolutamente inocentes.”

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Base Aérea de Santos vira apoio para operação da Polícia Rodoviária...

0
A ação conjunta, buscava combater a prática de crimes de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro na região portuária.