Início Indústria Aeronáutica Airbus A320 ultrapassa o Boeing 737 e agora é o jato mais...

Airbus A320 ultrapassa o Boeing 737 e agora é o jato mais vendido da história

É oficial: a Airbus agora tem mais pedidos totais para sua família de aeronaves A320 do que a Boeing para seus aviões 737, tornando-o o avião comercial mais vendido da história.

A320

A Airbus divulgou seus números do final de outubro deste ano, que mostram que o número total de pedidos da família A320 atingiu 15.193 unidades na história. Isso fez com que a Boeing ficasse para trás com ‘apenas’ 15.136 pedidos para suas aeronaves da família 737.

Os números da Airbus foram ajudados massivamente no mês passado com um pedido de 300 jatos pela IndiGo. Até o final de 2018, a Boeing tinha mais de 400 pedidos a mais que a Airbus.

Boeing ainda lidera nas entregas

No entanto, segundo o Flightglobal, a Boeing ainda está à frente da Airbus em termos de números reais de entrega, tendo entregue quase 10.563 aeronaves 737, enquanto a Airbus entregou 9.086 aviões A320.

Mas a diferença está se aproximando. Em outubro deste ano, a Airbus entregou 77 aeronaves, 59 das quais eram A320. Em comparação, a Boeing entregou apenas 20 aeronaves em outubro. Isso coloca a Boeing no caminho de entregar apenas 400 aeronaves este ano, metade de 2018.

Além disso, precisamos lembrar que a Boeing recebeu seus primeiros pedidos do 737 em 1965 e entregou a aeronave inicial à Lufthansa dois anos depois. A Airbus entregou seu primeiro A320 à Air France em 1988.

No Brasil, a Latam usa o A320

O 737 MAX

A Boeing ainda está lutando para reverter a parada geral dos 737 MAX e só conseguiu garantir pedidos de 36 aviões nos primeiros 10 meses deste ano.

Apesar dos problemas do 737 MAX, poucas companhias aéreas cancelaram seus pedidos para a aeronave, de modo que a Boeing ainda tem muitos pedidos para entregar. Companhias aéreas como a Southwest ainda têm centenas de 737 MAX encomendados.

A Boeing também continua afirmando que o 737 voltará ao ar em janeiro de 2020, portanto, talvez este seja um ano exceção para a empresa. Um ano do qual ela gostaria de esquecer.

Enquanto a Gol a cliente Boeing

Sucesso do A320

É notável que a maioria das companhias aéreas não muda apenas de um fabricante para outro, pois é muito caro mudar uma frota inteira de aeronaves. Parte do sucesso da família A320 deveu-se à capacidade da Airbus de emplacar boas vendas a companhias aéreas de baixo custo. Com essa parte do mercado de aviação crescendo em tamanho, a Airbus tem “nadado de braçada”.

Outra questão para a Boeing foi o tempo. Devido a vários atrasos na produção, o lançamento da nova aeronave MAX aconteceu seis meses após a Airbus ter lançado o novo A320neo. Nesse tempo, a Airbus acumulou mais de 1.000 pedidos antes do MAX ser anunciado.