Início Empresas Aéreas Airbus A320 VIP do Governo do Catar volta a aparecer, mas está...

Airbus A320 VIP do Governo do Catar volta a aparecer, mas está muito mais discreto

Um dos jatos da invejável frota VIP do Governo do Catar reapareceu na semana passada com um visual completamente mudado, trocando a tradicional libré, que também é usada pela Qatar Airways, por algo, digamos, mais discreto. A primeira foto da aeronave foi compartilhada pelo perfil do JetPhotos no Twitter e tem autoria de Dave Potter.

O jato em questão é o Airbus A320 CJ Prestige de matrícula A7-MBK, um dos 14 aviões de transporte executivo da Qatar Amiri Flight, a companhia aérea VIP de propriedade e operada pelo governo do Qatar, que faz fretamentos em todo o mundo sob demanda da família real e de funcionários do alto escalão do governo catariano. 

Com algumas exceções, a grande maioria da frota é pintada no padrão de libré da transportadora de bandeira do país, a Qatar Airways. A partir de agora, esse Airbus passou a estar nessa lista de exceções, provavelmente para realizar transportes VIP de maneira mais discreta.

Embora o rastreamento da aeronave seja bloqueado nas plataformas como RadarBox ou FlightRadar24, seus movimentos não passam desapercebidos. No dia 30 de abril, a aeronave foi levada para o aeroporto de Londres – Southend para repintura, momento em que foi registrado e publicado pelo perfil de Evie Leonard, no Twitter.

Apenas três semanas depois, em 21 de maio, o jato voou de volta à sua base operacional, em Londres – Stansted, já com as novas – e discretas – cores, reconhecível agora apenas por sua matrícula.

A aeronave tem onze anos de idade, tendo sido entregue ao Governo do Catar em janeiro de 2010, segundo os dados do Planespotters. É um dos três aviões do modelo na frota da Qatar Amiri Flight, sendo que os demais, por enquanto, continuam com a pintura da Qatar Airways (abaixo). Outros aviões da frota VIP do emirado incluem três Boeing 747, três Airbus A340, dois A330 e três A319.

Foto de Ken Fielding, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia
Sair da versão mobile