Airbus A321 da Latam pousa em SP com sobrepeso e ambos os para-brisas trincados

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião Airbus A321 LATAM

Nos últimos dias, a região sudeste do Brasil tem observado grande instabilidade meteorológica, com grandes variações de temperatura, pressão, vento, chuvas e tempestades, que têm causado transtornos para quem voa. Assim ocorreu com o voo LA-3304 da Latam Brasil, de quarta-feira, 17 de novembro, que teve os dois para-brisas trincados após um encontro com o tempo ruim.

Vários leitores já nos haviam alertado para o caso, mas aguardamos o registro inicial no Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), da Força Aérea Brasileira, a fim de coletar mais informações sobre o incidente e, portanto, prover uma informação oficial.

É importante anotar que tripulações são treinadas para lidar com situações como essas, de modo que um caso como esse dificilmente traz algum perigo ao voo.

O que aconteceu

Segundo o registro no CENIPA, a aeronave Airbus A321 de matrícula PT-MXB decolou às 12h44 pela pista 27R do aeroporto internacional de Guarulhos para um voo regular com destino a Belém do Pará. O voo não estava lotado e, naquele dia, levava sete tripulantes e 178 passageiros. Na Latam, o modelo da Airbus tem capacidade para 220 passageiros.

Ainda na subida, os comandantes se depararam com uma situação meteorológica deteriorada. Ao cruzar pelas camadas, enquanto realizava desvios, a aeronave resultou com ambos os para-brisas trincados. Com isso, a subida foi interrompida em 20.000 pés (FL200, que equivale a cerca de 6.500 metros de altitude) e os pilotos solicitaram ao controlador de tráfego aéreo autorização para retornar a Guarulhos.

A imagem do FlightRadar24 mostra o trajeto da aeronave desde a decolagem até o retorno ao seu aeroporto de origem.

Imagem do FR24

Embora no CENIPA não mencione se houve um pedido de emergência, o pouso foi realizado 30 minutos após a decolagem em condições overweight, ou sobrepeso, quando o jato aterrissa com um peso maior do que aquele recomendado pelo fabricante em condições normais de operação. Segundo dados da Airbus, o peso máximo de aterrissagem (MLW) do A321 é de cerca de 75.500 quilos.

O pouso com sobrepeso indica que os comandantes solicitaram prioridade após decidirem que esse seria o melhor a se fazer, ao invés de realizar as órbitas (holding pattern) para gastar o combustível e deixar o avião mais leve.

Os passageiros foram desembarcados e acomodados em outra aeronave do mesmo modelo, de matrícula PR-MXF. O novo voo transcorreu normalmente e pouso em Belém três horas após o previsto.

Enquanto isso, segundo dados do FlightRadar24, o avião envolvido no incidente segue parado em Guarulhos, mais de 50 horas após a ocorrência. No entanto, já constam programações para ele a partir da noite dessa quinta-feira (19).

Nota da Latam

A LATAM Airlines Brasil informa que o voo LA3304 (São Paulo/Guarulhos – Belém), de terça-feira (17), retornou para o aeroporto de origem devido à necessidade de manutenção corretiva. A aeronave foi trocada e decolou normalmente às 15h07.

A LATAM lamenta os transtornos causados e ressalta que prestou toda a assistência necessária aos passageiros. Por fim, a companhia reitera que a segurança é um valor imprescindível e que, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias