Airbus A321 é danificado em impacto da cauda na pista seguido de arremetida

Airbus A321 da Eva Air – Imagem: Masakatsu Ukon / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Um avião foi danificado em um incidente de “tail strike” (impacto da cauda com a pista) neste último final de semana durante um procedimento de pouso seguido de arremetida.

A aeronave envolvida, conforme reporte do The Aviation Herald, foi o Airbus A321 registrado sob a matrícula B-16227, operado pela companhia taiwanesa Eva Air. O jato estava finalizando o voo de número BR-20 de Taipei, em Taiwan, para Guam, um território insular americano na Micronésia, com 146 passageiros e 12 tripulantes, quando ocorreu o incidente.

Os pilotos pousavam o A321 na pista 06R de Guam no sábado, às 15h35 do horário local, quando a cauda atingiu a superfície da pista, havendo em seguida rejeição de pouso e arremetida. A aeronave subiu para 3.000 pés e, pouco depois, foi posicionada para outra aproximação pela cabeceira oposta 24L, dessa vez pousando com segurança cerca de 20 minutos após o pouso abortado.

O A321 afastando-se do aeroportos após a arremetida – Imagem: FlightRadar24

O voo de retorno foi cancelado e o Airbus A321 continua parado em Guam até esta segunda-feira, 16 de agosto.

Dados meteorológicos mostram que em horário próximo ao do incidente havia ventos de até 15 nós e rajadas de até 20 nós, quase de través com a direção do pouso, e chuva leve:

METAR
– PGUM 140554Z 13015G20KT 10SM -RA BKN030 28/26 A2986 RMK AO2 RAB38 SLP081 6//// T02780261 56007 PNO $=
– PGUM 140454Z 13007KT 10SM SCT040 29/26 A2986 RMK AO2 SLP081 T02890261 $=

Em comunicado, a companhia aérea confirmou que a aeronave bateu com a cauda na superfície da pista durante o pouso em Guam, descrevendo que a tripulação felizmente conseguiu colocar a aeronave no ar novamente e realizar um pouso sem mais incidentes.

A Eva Air ainda complementa que a aeronave precisou ser retirada de serviço e uma aeronave substituta foi despachada para Guam no dia seguinte.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias