Airbus A330 é desviado por suspeita de coronavírus a bordo; passageiros colocados em quarentena

O voo TK879 da Turkish Airlines desta terça-feira, 25 de fevereiro, não chegou ao seu destino final em Istanbul. Proveniente de Teerã, o avião acabou sendo desviado na última hora para Ancara, capital turca, onde os passageiros serão colocados em quarentena por suspeita do coronavírus.

coronavírus
O Airbus turco desviado – Imagem Daily Sabah

Um comunicado do Ministério da Saúde da Turquia relatou que o avião foi evacuado e os passageiros imediatamente levados a hospitais, onde estão passando por exames. O voo regular da Turkish tem origem em Teerã, capital do Irã, que tem apresentado um surto do novo coronavírus.

O avião, um Airbus A330-300, que transportava 132 pessoas, entre passageiros e tripulantes, aterrissou no aeroporto de Ancara no final da manhã de ontem. Imagens publicadas na internet por mídias turcas e passageiros mostram ambulâncias sendo alinhadas ao lado do avião e profissionais de saúde em trajes de proteção brancos aguardando na pista (espere o vídeo abaixo carregar).

Fronteiras fechadas

O país fechou suas fronteiras com o Irã no domingo e cancelou a maioria dos voos devido ao risco de disseminação do vírus. O ministro da Saúde, Fahrettin Koca, reiterou que não houve nenhum caso de coronavírus na Turquia até agora. “A Turquia está se esforçando ao máximo para proteger o país desta doença”, afirmou.

Koca disse que nenhum dos passageiros do avião estava com febre alta e que apenas quatro tinham tosse, enquanto outros dois se queixavam de dor de garganta. Ele explicou que a decisão de desviar o avião para Ancara foi porque o pessoal médico com mais conhecimento do vírus mortal estava estacionado na capital.

Segundo o Daily Sabah, ainda na noite de ontem, depois de visitar os hospitais onde os passageiros foram colocados em quarentena, Koca disse que, dos dois terços dos que foram testados, nenhum deles apresentou resultado positivo para o vírus.

Imagem do FR24 mostra o avião sendo desviado para Ancara

“Nenhum dos passageiros tem febre superior a 38 graus. Testamos dois terços dos passageiros e nenhum deles foi positivo para o coronavírus. Enquanto isso, estamos monitorando os demais ”, afirmou.

Qom

Em 23 de fevereiro, a Turquia encerrou todas as ligações com o Irã, incluindo cruzamentos de fronteira, serviços de trem e limitou o número de voos. Em 21 de fevereiro, a Turquia também proibiu a entrada de cidadãos iranianos de Qom, epicentro do vírus no Irã. Atualmente, apenas iranianos na Turquia podem retornar ao seu país.

Na semana passada, o Irã se tornou o primeiro país do Oriente Médio com casos confirmados de COVID-19. O surto no Irã se concentrou principalmente na cidade de Qom, mas se espalhou rapidamente nos últimos dias para outras quatro cidades, incluindo a capital, Teerã.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias