Airbus A340 da pior empresa aérea do mundo terá mais um voo ao Rio de Janeiro

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A companhia aérea afegã Kam Air, eleita a pior do mundo pelo AirlineRatings, está prestes a voltar ao Rio de Janeiro, em mais um voo com o quadrijato Airbus A340.

Airbus A340

O clássico Airbus A340-300 já fez seu début no Aeroporto do Cabo Frio, na Região dos Lagos no Estado do Rio de Janeiro, em 28 de maio. A aeronave veio da China, passando pelo Quênia, até chegar no aeroporto fluminense, que geralmente recebe muitas cargas destinadas à indústria petroleira.

Esse primeiro voo trouxe milhares de EPIs e equipamentos que têm sido distribuídos para as cidades da região combaterem a pandemia de maneira mais equipada.

Além do voo da Kam Air, também tem feito voos cargueiros a Aeromexico, que está empregando um Boeing 787 de passageiros para ligar cidades chinesas ao Brasil, com uma escala na Cidade do México.

Quando será o próximo voo da Kam Air

Parece que a primeira operação foi um sucesso. Resultado disso é que consta no registro de voos da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) um novo voo da empresa para o Brasil.

Segundo as aprovações que lhe foram concedidas, a Kam Air fará novamente um voo para Cabo Frio, na mesma rota do voo anterior, ou seja:

  • Em 3 de junho – decola de Cabul, capital do Afeganistão, com destino a Nanjing. Carrega e decola no mesmo dia para Nairóbi, no Quênia.
  • Em 4 de junho – parte de Nairobi às 8h locais para pousar em Cabo Frio às 20h.
  • Em 5 de junho – Após pernoite e descanso de tripulação, a aeronave decola do Estado do Rio de Janeiro às 17h, rumo a Nairóbi.

Pior empresa do mundo

Voar hoje em dia não é tudo um sonho, com aviões modernos e confortáveis. Em alguns países menos desenvolvidos, ir de A para B pode ser algo bastante tenso, sem opção de refeições a bordo ou registros de segurança confiáveis.

Assim acontece no Afeganistão, cujas duas principais empresas aéreas figuram na lista das mais inseguras do mundo e colecionam reviews negativos em aplicativos de viagens, como o Trip Advisor.

Mas existe um estudo “oficial” para isso, que é publicado anualmente pela AirlineRatings.com. Ela analisa mais de 400 companhias aéreas do mundo e as marca com um sistema de classificação de sete estrelas.

Segundo sua criadora, esse sistema leva em consideração os fatores de segurança mais importantes ao calcular seus resultados, e isso inclui auditorias de órgãos e governos da aviação; acidente de uma companhia aérea e registro de incidente grave; e a idade da frota.

No ranking mais atual, publicado em 2019, a empresa deu somente uma ou duas estrelas a apenas quatro empresas aéreas – Ariana Afghan Airlines, Blue Wing Airlines, Kam Air e Trigana Air Service.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias