Airbus emite Aero-notas 51 a seus investidores individuais, veja o que a fabricante diz

Avião Airbus A330-900 A330neo
Imagem: Anna Zvereva / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

A Airbus divulga hoje, 17 de dezembro, mais uma edição de seus comunicados “Aero-notes”, ou Aero-notas, que dedica a falar com seus investidores sobre o momento da empresa e as perspectivas para o futuro. Veja a seguir o conteúdo do comunicado.

“Bem-vindo ao Aero-notas 51, o boletim informativo da Airbus dedicado a investidores individuais.

A COVID-19 desencadeou uma situação inesperada e sem precedentes para a indústria aeroespacial e sua escala exigiu que implantássemos prontamente um plano de adaptação para ajustar nossos negócios ao novo ambiente de aeronaves comerciais.

Logo no início, demos os passos necessários para contornar a crise: ajustamos nossa taxa de produção e lançamos uma ampla gama de medidas de contenção de caixa e também abordamos nossa estrutura de custos de longo prazo.

Apesar da recuperação mais lenta das viagens aéreas do que o previsto, nossos resultados de 9 meses 2020 refletem o progresso feito na adaptação de nossos negócios a este ambiente de mercado difícil.

Convergimos a produção e as entregas de aeronaves comerciais no terceiro trimestre e interrompemos o consumo de caixa. Nossa capacidade de estabilizar o fluxo de caixa no terceiro trimestre nos deu confiança suficiente para emitir um guidance de fluxo de caixa livre para o quarto trimestre.

Em novembro, entregamos 64 aeronaves. O número total de entregas em 2020 é de 477 aeronaves e o total líquido de pedidos é de 297 aeronaves. Nos últimos meses, também vimos alguns marcos importantes, como a entrega do A320 de MSN 10.000 à Middle East Airlines, a entrega do 1.500º A330 à Delta Air Lines e o primeiro A220 montado nos EUA também entregue à Delta Air Lines.

A crise da COVID-19 está longe de terminar e muitas incertezas permanecem, pois o vírus continua a circular e as restrições de viagem permanecem em vigor na maioria das regiões. No entanto, a aviação conecta e une pessoas, culturas e negócios e continuará a fazê-lo.

O mercado vai se recuperar, não é uma questão de se, mas de quando vai se recuperar. E pretendemos estar bem posicionados quando isso acontecer.

Mantemos nosso compromisso com um futuro mais sustentável. Investiremos em tecnologias descarbonizadas e desenvolveremos a primeira aeronave de passageiros neutra para o clima e com emissão zero, conforme anunciamos durante nosso evento ao vivo pela web no dia da emissão zero.

Assinado,
Thorsten Fischer, Chefe de Relações com Investidores e Comunicação Financeira da Airbus

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias