Início Indústria Aeronáutica Airbus diz que vai fazer contra-proposta após compra de Boeings pela IAG

Airbus diz que vai fazer contra-proposta após compra de Boeings pela IAG

Airbus

A Airbus disse ontem (20) que ter uma chance de competir na mega venda da Boeing para a IAG, grupo que controla a British Airways e a Iberia além de suas subsidiárias.

Enquanto o recém-lançado e destaque do Paris Air Show, o A321XLR, chegou a marca de 240 encomendas, a Boeing agonizava as vendas do concorrente 737 MAX, até a IAG revelar um mega pedido de 200 jatos.

Sem essa encomenda, a Boeing poderia ter tido uma pior perda na feira. Porém, o elemento que surge agora é que essa grande encomenda não foi submetida antecipadamente à Airbus, para fazer uma oferta, algo que é padrão na indústria.

“Nós gostaríamos de ter uma chance para competir por esse mercado” disse o Chefe Comercial da Airbus, Christian Scherer, que citou que a IAG não fez uma consulta formal com a Airbus para o pedido de jatos de corredor único.

A Airbus na verdade vendeu jatos para a IAG na feira: foram apenas 14 novos A321XLR para a Iberia e Aer Lingus, nada comparado ao pedido da Boeing avaliado em $24 bilhões de dólares em valores de tabela, sendo a primeira encomenda após o segundo acidente do 737 MAX na Etiópia.

Apesar de não especificar quais aéreas irão utilizar o MAX, a IAG apontou que deverá incluir as low-costs LEVEL e a Vueling, que atualmente voam frota totalmente Airbus.

Com informações da Reuters

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile