Airbus cria programa para formação de jovens pilotos no México

Na sua última projeção de mercado, a Airbus prevê uma necessidade de 540 mil novos pilotos para atender a demanda das companhias aéreas nas próximas duas décadas.




E para ajudar nesta demanda, tomou frente e está lançando o Airbus Pilot Cadet Training Programme, para incentivar o treinamento de novos e qualificados profissionais. O programa será feito em parceria com a Escuela de Aviación México (EAM), localizada próximo ao centro de treinamento da Airbus no México.

Depois do treinamento inicial na EAM (apesar de não especificado, deve ser de Piloto Comercial IFR MULTI), os pilotos serão encaminhados para o Airbus Mexico Training Centre para se tornarem pilotos de Airbus A320*.l

A Airbus irá também reduzir os requisitos do treinamento oficial do A320, que é baseado nos requisitos da EASA, para permitir um aprendizado de qualidade, com custos acessíveis e de alta qualidade. A vantagem para os pilotos é que as aéreas que utilizam aviões Airbus poderão ir direto até eles para fazer recrutamento e seleção, já que os futuros copilotos terão o conhecimento e padrão homologados pela Airbus.

Os cadetes irão se beneficiar de um treinamento completo e integrado à licença de Piloto de Linha Aérea (PLA) baseado nos padrões da Airbus. O programa tem como objetivo qualificar os pilotos para que estejam “prontos operacionamente” para pilotar um A320. Também será oferecido um curso de transição da licença local para uma licença europeia EASA, permitindo que as oportunidades sejam ainda maiores.

O programa estará aberto para jovens com 18 anos ou mais que tiverem completado o Ensino Médio. Os candidatos para o programa irão passar por testes online e presencial. A primeira leva de cadetes da Airbus é esperada para começar o treinamento em janeiro de 2019, graduando em julho de 2020. Parcerias similares já são planejadas por todo o mundo. 

*Não está claro a questão da habilitação, mas pressupõe-se que os pilotos realizarão o Jet Training nos simuladores da Airbus + parte teórica (Ground School) e todo o treinamento do simulador para a obtenção de habilitação de tipo A32F, que é feito quando os pilotos ingressam na linha aérea.

Pela Assessoria de Imprensa da Airbus.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos