Airbus entrega o primeiríssimo dos oito A330 encomendados pela OTAN

A Airbus entregou formalmente a primeira de oito aeronaves Airbus A330 Multi Role Tanker Transport (MRTT) encomendadas pela Frota Multinacional MRTT (MMF) da OTAN, após uma cerimônia realizada na Airbus em Getafe, na Espanha. A aceitação oficial desta primeira aeronave é um marco decisivo para a entrada em serviço desta unidade multinacional formada pelos Países Baixos, Luxemburgo, Noruega, Alemanha, Bélgica e República Tcheca.

A aeronave decolará amanhã em direção à sua principal base operacional, localizada em Eindhoven, na Holanda. A frota do MMF também operará a partir de um segundo local, a Forward Operating Base em Colônia, Alemanha.

Dirk Hoke, CEO da Airbus Defense and Space, disse: “O programa da OTAN representa perfeitamente o futuro da cooperação em defesa e mostra o verdadeiro sucesso do conceito de compartilhamento. Como parceira de confiança das forças armadas, a Airbus está extremamente orgulhosa de ver seu A330 MRTT na vanguarda e pronta para garantir capacidades e interoperabilidade para as nações parceiras da OTAN”.

Peter Dohmen, Gerente Geral da Agência de Compras e Apoio da OTAN (NSPA), disse: “O programa é um excelente exemplo de cooperação entre nações, a UE e a OTAN e a forte colaboração entre a OCCAR e a NSPA. Esse recurso exclusivo de última geração permitirá que nossos países participantes realizem uma ampla gama de operações em vários domínios. Agradecemos às nações por sua confiança contínua na NSPA como gerente de sistemas e desejamos a elas sucesso em suas futuras missões”.

O programa do MMF é financiado pelas seis nações que terão o direito exclusivo de operar as aeronaves pertencentes à OTAN em um acordo de pool. A aeronave será configurada para reabastecimento em voo, transporte de passageiros e carga e operações de evacuação médica.

O A330 MRTT combina a tecnologia avançada de um avião-tanque de nova geração com a experiência operacional registrada durante mais de 200.000 horas de voo em serviço. O A330 MRTT oferece recursos multifuncionais, conforme comprovado nas recentes missões MEDEVAC e de transporte estratégico relacionadas à pandemia do COVID-19.

A imagem acima mostra o primeiro A330 MRTT decolando durante um vôo industrial realizado em Getafe, na Espanha. Para baixar material audiovisual do processo industrial da aeronave, clique aqui.

Carlos Roman
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Avião Embraer E190-E2 Shark Tubarão

Tribunal agenda nova audiência entre Embraer e Sindicato dos Metalúrgicos de...

0
A Embraer apresentou proposta aos trabalhadores em termos similares aos demais acordos coletivos celebrados com outras entidades sindicais.