Início Indústria Aeronáutica Airbus entregou quatro vezes mais aviões do que a Boeing em 2020

Airbus entregou quatro vezes mais aviões do que a Boeing em 2020

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A Airbus vem se consolidando como líder definitiva do mercado de aviões comerciais, e deverá bater a Boeing pelo segundo ano consecutivo. Obviamente, a parada dos Boeing 737 MAX mais uma vez ajudaram a fabricante europeia a manter números tão mais altos que a concorrente.

As informações são da Reuters que projeta até 560 entregas de aeronaves Airbus neste ano, sendo que a fabricante já chegou a 520 aviões entregues nesta semana, depois que a Uganda Airlines recebeu o raro A330-800neo.

Este número é, no mínimo, quatro vezes maior daquele que a Boeing registrou até novembro: apenas 118 jatos entregues. O motivo é simples e claro, já que o 737 MAX foi liberado para voos e novas entregas apenas neste mês de dezembro.

Mesmo com a pandemia, que resultou numa queda de 35% nas entregas da Airbus ano-a-ano e fábricas paradas por algumas semanas na primeira onda do vírus na Europa, a fabricante continuou entregando jatos para todo o globo, embora o ritmo mais lento. A própria Azul voltou a receber jatos novos em setembro, pensando na retomada antecipada da demanda no Brasil, que tem liderado a recuperação do setor.

As preocupações da Airbus agora se voltam para o Reino Unido, onde estão instalações que fazem partes essenciais de suas aeronaves, que tem sua linha final de montagem em Hamburgo, na Alemanha, e em Toulouse, na França.

Com a nova Cepa do coronavírus, vários países europeus fecharam as portas para o Reino Unido, inclusive Alemanha e França. A restrição afeta a produção de jatos, mas segundo a Airbus não está afetando as entregas: “Nós continuamos a fazer entregas a todo o vapor e vamos continuar pelo feriado”, afirmou um porta-voz da empresa à Reuters.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A
Sair da versão mobile