Airbus divulga foto do 1º A350 da Fiji Airways já com a bonita pintura

O primeiro A350 XWB da Fiji Airways já saiu da oficina de pintura da Airbus em Toulouse, e a fabricante europeia divulgou imagem da aeronave com o bonita pintura da companhia.

O A350-900, de propriedade da Dubai Aerospace Enterprises que o alugará para a Fiji, será o primeiro do tipo a ser operado por uma companhia aérea na região do Pacífico Sul.

Fiji é um país do Pacífico Sul formado por um arquipélago de mais de 300 ilhas. É famoso por suas paisagens acidentadas, praias ladeadas de palmeiras e recifes de coral com lagoas claras.

Mapa Ilhas Fiji
Localização das ilhas Fiji no Pacífico Sul

Ilhas Fiji
Paisagem típica do arquipélago das ilhas Fiji

A Fiji Airways é a companhia aérea de bandeira das Ilhas Fiji e opera serviços internacionais de seus hubs nas ilhas para 13 países e 23 cidades, incluindo Austrália, Nova Zelândia, Samoa, Tonga, Tuvalu, Kiribati, Vanuatu e Ilhas Salomão, Estados Unidos, Hong Kong e Cingapura.

A aeronave agora passará para a fase final do processo de montagem, com a instalação de motores seguida de testes de solo e voo, antes da entrega à Fiji Airways no quarto trimestre.

Airbus A350-900 XWB Fiji Airways
Primeiro A350 da Fiji Airways – Imagem: Airbus

A aeronave será configurada com 33 assentos na Classe Executiva e 301 assentos na Classe Econômica, e será implantada para aprimorar os serviços de longo curso existentes de Fiji para a Austrália e os EUA e para oferecer a oportunidade de abrir rotas adicionais.

Além deste A350 em fase final de montagem e testes, a Fiji ainda tem mais uma segunda unidade encomendada com a Dubai Aerospace Enterprises, que também deve ser entregue ainda neste ano de 2019.

A frota da companhia aérea ainda inclui quatro Airbus A330-200, um Airbus A330-300, um Boeing 737-700, três Boeing 737-800 e dois Boeing 737MAX-8.

Com informações da Airbus e da Wikipedia.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.