Airbus inaugura nova linha de montagem da estrutura do A321LR

A Airbus inaugurou sua linha de montagem altamente automatizada da estrutura da fuselagem das aeronaves da Família A320 em Hamburgo, mostrando uma evolução no seu sistema de produção industrial.

Com foco especial na fabricação de seções mais longas para o A321LR, as novas instalações contam com 20 robôs, um novo conceito de logística, posicionamento automatizado por medição a laser e um sistema digital de aquisição de dados. Isso dará um suporte adicional ao movimento da Airbus para melhorar tanto a qualidade quanto a eficiência, além de proporcionar um nível aprimorado de transformação digital ao seu sistema de produção industrial.

Planta pode servir a toda a família A320

“Ao adotar algumas das mais recentes tecnologias e processos, a Airbus iniciou sua jornada para estabelecer novos padrões na produção da Família A320. Essa nova linha de montagem da estrutura da fuselagem é um facilitador essencial para a evolução da Família A320. O aumento do nível de automação e robótica permite uma fabricação mais rápida e eficiente, enquanto mantemos o nosso foco principal na qualidade”, disse Michael Schoellhorn, diretor de operações da Airbus.

Atual A321LR tem 97ton de MTOW © Clément Alloing

“Dado o enorme sucesso da Família A320 e a carteira de pedidos, estamos tomando as medidas necessárias para garantir que nosso sistema de produção possa corresponder à excelência dos nossos produtos e que possamos satisfazer as necessidades de nossos clientes por nossas aeronaves de corredor único”. E acrescentou: “Foi colocado um alto nível de confiança e investimento em nosso pessoal e em nossas fábricas em Hamburgo. Agora, precisamos cumprir os compromissos assumidos com os clientes, garantindo a competitividade geral”.

Sistema é chamado Flextrack

Para a montagem da seção inicial, a Airbus usa um sistema automatizado modular e leve chamado “Flextrack”, com oito robôs perfurando e rebaixando 1.100 a 2.400 furos por junta longitudinal. Na próxima etapa de produção, 12 robôs, cada um operando em sete eixos, unem as seções central e traseira da fuselagem com a cauda para formar um único componente principal, perfurando, rebaixando, vedando e inserindo 3.000 rebites por junta orbital.

Além do uso de robôs, a Airbus também implementa novos métodos e tecnologias em logística de materiais e peças para otimizar a produção, melhorar a ergonomia e reduzir os prazos de entrega. Isso inclui a separação dos níveis de logística e produção, o reabastecimento de material orientado pela demanda e o uso de veículos de condução autônoma.
As instalações de montagem da estrutura em Hamburgo são responsáveis pela união de elementos individuais da fuselagem em seções, bem como a montagem final de seções individuais nas fuselagens das aeronaves. As seções das aeronaves são equipadas com sistemas elétricos e mecânicos antes de serem entregues às linhas de montagem final na França, Alemanha, China e EUA.

A A321 tem a cabine de corredor único mais ampla do mundo

Com a cabine de passageiros de corredor único mais ampla do mundo, a eficiente Família A320neo, que inclui o A321, incorpora as mais recentes tecnologias como os motores de nova geração e os Sharklets, que juntos proporcionam mais de 15% de economia de combustível e emissão de CO2 desde o início, passando a 20% em 2020, bem como uma redução de 50% no nível de ruído. Até o momento, a Família A320neo capturou mais de 6.500 pedidos de mais de 100 clientes.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.