Airbus oferece A350-1000ULR como opção para o pedido da Qantas

A Airbus está considerando fazer uma versão de ultra-longo-alcance do A350-1000 como alternativa para o desafio imposto pela Qantas, que quer realizar voos como Sydney – Rio de Janeiro com 300 passageiros.




Conversando com jornalistas em Sydney, o chefe da divisão comercial da Airbus, Eric Schulz, confirmou que o A350-1000ULR está na mesa para negociações.

“Nossas apostas estão abertas, estamos olhando para as duas aeronaves. Nós sabemos o que o 900ULR pode fazer hoje com a Singapore Airlines, e também estamos pensando o que podemos fazer com o -1000.” disse Eric.

O A350-900ULR foi uma aeronave modificada a pedido da Singapore Airlines, que queria retomar o voo mais longo do mundo, Cingapura – Newark, porém com mais passageiros em relação aos 100 clientes que o A340-500 levava anteriormente na rota. Esta versão já está quase pronta para a entrega e a Singapore já começou a vender as passagens para este voo de 19 horas de duração.

Na mesa da Qantas também está a opção do Boeing 777X, que por sua vez pode levar a quantidade de passageiros que a empresa australiana quer, mas não tem o alcance na versão -8X ou -9X.

As modificações do A350-900ULR incluem tanques extras e uma densidade menor, fazendo com que a aeronave possa voar por até 20 horas. A aposta no 1000ULR teria as mesmas modificações, mas a Airbus teria que analisar se a redução dos atuais 366 passageiros para 300 possibilitará um alcance dentro das rotas pretendidas pela Qantas.

Pelo jornal Australian Business Traveler

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos