Airbus pode levar outra compra bilionária do A320neo sobre o Boeing 737 MAX

Depois do anúncio da uma enorme encomenda de 300 jatos da família A320neo para a companhia aérea indiana IndiGo no início dessa semana, a Airbus já se prepara para adicionar mais um pedido bilionário à sua carteira.

Avião Airbus A321neoLR Air Arabia
A321neoLR da Air Arabia – Imagem: Mathias Düber

Segundo informações da Bloomberg, a Airbus está trabalhando para conquistar um pedido de 100 aeronaves da família de narrowbodies (aviões de configuração interior com um único corredor) para a empresa aérea Air Arabia. A encomenda valeria mais de US$ 10 bilhões a preços de tabela, segundo pessoas com conhecimento do assunto.

O acordo para a encomenda da família A320neo, que é composta dos modelos A319neo, A320neo e A321neo, pode se confirmar já no Dubai Air Show, que será realizado entre 17 e 21 de novembro no Duba World Central, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificados, pois os planos são privados.

Nada decidido, mas uma mão já está na taça

Nada foi finalizado até o momento, e a Boeing ainda não está fora de operação, mas dois fatores pesam a favor da fabricante europeia: a Air Arabia opera atualmente apenas aeronaves da Airbus, e o 737 Max da fabricante de aviões dos EUA permanece proibido de voar após os dois acidentes fatais.

O CEO da Air Arabia, Adel Ali, disse à Bloomberg em fevereiro que estava considerando um contrato de três dígitos com a Airbus ou a Boeing para adicionar destinos ao sudeste da Ásia, Austrália, África e Europa. Ele disse no início deste mês que a compra deve ser decidida até janeiro, mas as conversas indicam que a escolha pode ser adiantada.

Parceria e nova companhia

A compra de jatos também ajudaria a empresa baseada em Sharjah a estabelecer uma nova companhia aérea, a Air Arabia Abu Dhabi, em parceria com a Etihad Airways, depois que a dupla anunciou uma aliança no início deste mês. A Etihad está reduzindo pedidos e diminuindo sua própria rede depois de acumular perdas de quase US$ 5 bilhões em três anos.

A Air Arabia opera um modelo de vários hubs, com três subsidiárias com bases no Marrocos e no Egito, além de Sharjah e Ras Al Khaimah nos Emirados Árabes Unidos. Juntando as três divisões, possui uma frota de mais de 50 aeronaves A320, além de três A321neos.

O enorme pedido da IndiGo e o problema dos motores

Avião Airbus A320neo IndiGo
A320neo da IndiGo – Imagem: Airbus

A encomenda da IndiGo no início da semana marca um dos maiores pedidos de aeronaves da Airbus já feitos por um único operador aéreo na história. Este último pedido da IndiGo inclui uma mescla de aeronaves A320neo, A321neo e A321XLR e elevará o número total de aeronaves da família A320neo encomendas para 730 (somente pela empresa indiana).

A IndiGo está entre as transportadoras que mais crescem no mundo. Desde que sua primeira aeronave A320neo foi entregue em março de 2016, sua frota de aeronaves da família A320neo cresceu para a maior do mundo, com 97 aeronaves, operando ao lado de 128 A320ceos.

E até mesmo o problema dos motores da fabricante canadense Pratt & Whitney parece não causar preocupação à companhia indiana. A empresa segue confiante na superação da falha, mesmo enfrentando queda nos lucros por conta da parada de diversos A320neo:

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.