Airbus conquista primeiro pedido do A321LR corporativo

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Airbus A321LR ACJ Luftwaffe
Imagem: Airbus

A Airbus Corporate Jets (ACJ) recebeu o primeiro pedido da versão corporativa do A321LR (ACJ321LR) para duas aeronaves, feito pela Lufthansa Technik, destacando o apelo de mercado e a versatilidade da família A320neo.

A aeronave terá capacidade multifuncional e poderá ser equipada para vários tipos de missões, como transporte de tropas, diferentes configurações de função MedEvac (evacuação médica) e será operada pela Força Aérea Alemã (Luftwaffe).

Com essa encomenda, a Lufthansa Technik acumula um pedido total de cinco aeronaves Airbus em nome do governo alemão: três A350-900 também corporativos e os dois A321LR.

Os A321LR poderão voar com até 163 passageiros, até 6 pacientes em terapia intensiva e até 12 pacientes em terapia média, dependendo da configuração instalada, com alcance máximo de 4.200 nm / 7.800 km ou 9,5 horas de voo.

“Estamos entusiasmados com a Lufthansa Technik ter se tornado o cliente lançador da versão ACJ de longo alcance do A321neo”, disse Benoit Defforge, presidente da ACJ. “A Família ACJ320 apresenta a cabine mais larga entre todas as aeronaves de corredor único em operação, proporcionando maior conforto aos passageiros e alcance intercontinental. A Lufthansa Technik e o governo alemão têm um relacionamento de longa data com a Airbus e estamos orgulhosos deste novo pedido importante conosco.”

Cerca de 200 jatos corporativos Airbus estão em operação em todos os continentes, incluindo a Antártica, destacando sua versatilidade em ambientes desafiadores.

Informações oficiais da Airbus

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias