Início Aviação Militar Airbus vende 56 aviões para a Índia e 40 deles serão feitos...

Airbus vende 56 aviões para a Índia e 40 deles serão feitos no próprio país

Avião C295 nas cores da IAF – Imagem: Airbus

A Índia formalizou a aquisição de 56 aeronaves Airbus C295 para substituir a frota AVRO da Força Aérea Indiana (IAF). É o primeiro programa aeroespacial ‘Make in India’ no setor privado, envolvendo o desenvolvimento de um ecossistema industrial completo: da fabricação à montagem, teste e qualificação, até a entrega e manutenção de todo o ciclo de vida da aeronave.

Sob o acordo contratual, a Airbus entregará as primeiras 16 aeronaves em condição ‘fly-away’ (pronta para voar) de sua linha de montagem final em Sevilha, Espanha. As 40 aeronaves subsequentes serão fabricadas e montadas pela Tata Advanced Systems (TASL) na Índia como parte da parceria industrial entre as duas empresas.

As primeiras 16 aeronaves serão entregues ao longo de quatro anos após a implementação do contrato. Todos os C295 da IAF serão entregues na configuração de transporte e equipados com uma suíte de guerra eletrônica nativa.

“Este contrato apoiará o desenvolvimento do ecossistema aeroespacial da Índia, trazendo investimentos e 15.000 empregos diretos qualificados e 10.000 posições indiretas nos próximos 10 anos”, disse Michael Schoellhorn, CEO da Airbus Defense and Space.

“O C295 provou novamente ser o líder do segmento. Com a entrada da Índia como nova operadora, o modelo ampliará ainda mais sua pegada, não só nos aspectos operacionais, mas em seu próprio desenvolvimento industrial e tecnológico”, completou o CEO.

Sukaran Singh, diretor administrativo e diretor executivo da Tata Advanced Systems Limited, disse: “Este é um momento de orgulho para a Tata e um marco para o ecossistema de manufatura militar da Índia. Pela primeira vez, uma empresa privada indiana estará fabricando totalmente uma aeronave na Índia. Este esforço demonstra as capacidades da Tata Advanced Systems como fabricante de defesa para construir plataformas complexas globalmente competitivas na Índia.”

O ‘Make in India’ está no centro da estratégia da Airbus na Índia, com a empresa aumentando constantemente a contribuição do país para seu portfólio global de produtos. O programa C295 verá a Airbus levar seu conjunto completo de fabricação e manutenção de aeronaves para a Índia em colaboração com seus parceiros industriais, incluindo a Tata e unidades líderes do setor público de defesa, como Bharat Electronics Ltd. e Bharat Dynamics Ltd, bem como Micro, Pequenas e Médias Empresas privadas.

Com capacidade comprovada de operar em pistas curtas ou despreparadas, o C295, um modelo que também faz parte da frota da Força Aérea Brasileira (FAB), é usado para o transporte tático de até 71 soldados ou 50 paraquedistas e para operações logísticas em locais que não são acessíveis às aeronaves mais pesadas atuais.

Pode lançar paraquedistas e cargas, e também resgatar de vítimas ou evacuação médica (medevac), conforme demonstrado durante a crise da COVID-19, usando camas básicas ou unidades móveis de terapia intensiva (UTI) com equipamento de suporte de vida. A aeronave pode realizar missões especiais, bem como resposta a desastres e tarefas de patrulha marítima.

A IAF torna-se a 35ª operadora C295 em todo o mundo, com o programa chegando a 278 aeronaves, 200 das quais já estão em operação com mais de meio milhão de horas de voo.

Informações da Airbus

Sair da versão mobile