Alitalia está de olho no Boeing 787 e no Airbus A220 para renovação de frota

Alitalia 787
Fotomontagem de simulador de voo por  Matteo Lo Sardo

Simplificar e reduzir são as novas palavras de ordem na nova Alitalia, que agora pretende otimizar a frota com novos aviões Boeing 787 Dreamliner e Airbus A220.

A empresa, que enfrenta uma séria crise há anos, é uma das poucas na Europa que ainda não fez renovação de frota e nem tem encomendas de novos jatos, seja de longo como de curto alcance. Agora, segundo o jornal italiano Corriere Della Sera, a empresa teria conseguido descontos de até 50% para adquirir jatos Boeing 787 Dreamliner que viriam em substituição aos atuais 777-200ER e -300ER, além dos Airbus A330-200.

Nas aeronaves de um corredor, a opção seria uma frota totalmente Airbus, com novas aeronaves A320neo para substituir os atuais A319/320/321ceos, e o A220 para substituir os jatos brasileiros Embraer E175 e E190 de primeira geração, que voam na subsidiária regional Cityliner.

Segundo os jornalistas italianos, os novos A320neo sairiam a um custo de €44 milhões de euros por unidade, ante €110 milhões do preço de tabela da aeronave, um ótimo negócio. Já os 787, que seriam das variantes -8 e -9, teriam um belo desconto, saindo de €215 mi para €108, e de €253 mi para €134 milhões, respecitvamente.

Os descontos são favorecidos pelo momento da aviação mundial, que enfrenta sua pior crise e onde fabricantes amargam a falta de novas encomendas, acumulando cancelamentos de pedidos já existentes.

De qualquer maneira, esses planos seriam complementares àqueles de reduzir a frota de 110 para 70 aviões e desligar cerca de 4 mil funcionários na empresa estatal italiana. Mas essas reduções ainda não têm o martelo batido, saiba mais:

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Reservas de voo disparam no R. Unido após premiê falar sobre...

0
O anúncio de uma data com o fim das restrições contra a Pandemia do Coronavírus trouxe ânimo para os passageiros britânicos.