Alliance Airlines encomenda mais 16 jatos E190 e frota vai a 30 Embraer

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Foto de Randy Uhlman para Alliance Airlines

Além dos 14 jatos Embraer E190 já adquiridos, a australiana Alliance Airlines reforçará sua frota com a compra de mais 16 jatos do mesmo modelo, elevando a conta para trinta unidades encomendadas. Todas as aeronaves são de segunda-mão, isto é, não são produções novas da fabricante brasileira.

Segundo o jornal australiano Courier Mail, esse novo lote de jatos E190 era anteriormente parte da frota da American Airlines e foram aposentados em abril deste ano. O negócio tem um valor de US$ 85 milhões e a Alliance já poderá receber os cinco primeiros ainda nesse mês. Depois disso, haverá uma entrega por mês entre janeiro e novembro de 2021.

Os E190 chegarão na configuração de 99 assentos da American, sendo 9 assentos na classe executiva (em um arranjo de 2-1), 4 assentos econômicos com espaço extra para as pernas e 86 assentos na classe econômica tradicional.

A empresa, sediada em Brisbane, aposta que o mercado global de aeronaves de 100 assentos se recuperará rapidamente, à medida que as transportadoras buscarem se concentrar nos custos totais de viagem, em vez das métricas tradicionais. A empresa espera expandir suas operações, aproveitando o espaço a ser deixado pela recém-reestruturada Virgin Australia.

A frota da Alliance ainda é composta majoritariamente por aeronaves antigas da Fokker e esse movimento em direção dos E-Jets pode ser positiva no sentido de que a empresa se transforme num importante “cartão de visita” da fabricante brasileira na Austrália e Oceania.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias