Amaszonas Uruguai abandona o serviço regular de passageiros

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Em nota divulgada na terça-feira, 26 de janeiro, e acessada pelo Aviacionline, a Amaszonas Uruguai confirmou que está descontinuando o serviço regular de passageiros e inicia um processo de “reinvenção” que espera lhe permitir continuar operando na modalidade de carga ou fretamento.

O processo consiste em iniciar uma aproximação e negociação com diferentes atores, como fornecedores, a redução e reconfiguração da força de trabalho, a otimização do uso da aeronave Embraer 190 e “outras medidas estratégicas”.

A medida se insere no complexo contexto atual da saúde e nas especificidades do mercado uruguaio. 

“A Amaszonas Uruguai, que tem trabalhado com muitas dificuldades desde o início da pandemia, devido ao fechamento de fronteiras e à escassa ocupação de passageiros em decorrência da quase inexistente demanda de férias, negócios e trabalho, teve que suspender suas operações de transporte de passageiros no início de dezembro de 2020 aguardando sua inauguração”.

O Director Geral da empresa, Dr. Sergio León, solicitou à administração da empresa que se colocasse à disposição de fornecedores e clientes para a conciliação de pagamentos e / ou eventuais dívidas, a fim de chegar a acordos satisfatórios. A empresa informou que está analisando alternativas para que nos próximos 3 meses possa atuar no mercado de cargas e / ou diversos tipos de trabalhos aéreos.

“Esta notícia não é muito animadora. Fizemos todo o possível para continuar dando conectividade ao passageiro uruguaio. Infelizmente, hoje a operação no Uruguai se tornou muito complexa e complicada, então teremos que nos reinventar em outros meios de transporte aéreo, se possível”, Leon finalizou.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Pilotos de voo comercial russo desviam o curso após encontro inesperado...

0
Um voo da empresa aérea russa Aeroflot teve que desviar seu curso para evitar um encontro com uma aeronave espiã da OTAN