American Airlines manda fabricar 1,7 milhão de peças de roupa para seus funcionários

Após mais de três anos de colaboração de membros da linha de frente e representantes do sindicato, a American Airlines lança uma nova coleção de uniformes fabricada pela Lands ‘End, que vestirão mais de 50.000 colaboradores.

“Quando nos propusemos a criar nossa nova coleção, o objetivo era oferecer um programa líder do setor com os mais altos níveis de segurança e opções”, disse Brady Byrnes, diretora-gerente de operações de serviços de voo da American.

“O lançamento é o culminar de anos de contribuição dos membros da equipe, testes de desgaste na operação e os mais altos níveis de certificação de vestuário. Nada disso seria possível sem a parceria de nossos representantes sindicais e, mais importante, dos milhares de membros da equipe que forneceram sugestões e comentários ao longo do caminho. Este não é apenas um uniforme para os membros da nossa equipe, foi criado por eles e estamos empolgados em virar a página”.

Para entregar esse programa, a American selecionou a Lands’ End como fornecedora. “Estamos orgulhosos de fazer parceria com a maior companhia aérea do mundo para entregar uma coleção de uniformes inovadora e pioneira”, disse Joe Ferreri, vice-presidente sênior da Lands’ End. “Os membros da equipe da American desempenharam um papel fundamental na criação desta coleção, e foi uma jornada emocionante até chegar aqui”.

50K

Mais de 50.000 membros da equipe da American Airlines vestirão a nova coleção de uniformes fabricada pela Lands ‘End.

A American é a única companhia aérea dos Estados Unidos a garantir a certificação STANDARD 100 pela OEKO-TEX em todas as peças de vestuário de todas as suas coleções. A certificação STANDARD 100 é um sistema independente de teste e certificação de roupas, acessórios e qualquer produto fabricado com tecido. Todas as partes da peça, incluindo linhas de costura, botões e zíperes, são testadas, inclusive contra produtos químicos perigosos.

Consultoria

Para ajudar a criar a nova coleção, a American formou uma Equipe Consultiva composta por colaboradores da linha de frente, que tomou decisões importantes como a cor do tecido e o design da coleção. A empresa também selecionou mais de 1.000 membros da linha de frente para testar em campo a coleção por seis meses, antes de iniciar a produção.

Pela primeira vez, a American está oferecendo uma escolha de tecido aos membros de sua equipe. Os funcionários puderam escolher entre uma fabricação de lã ou uma roupa sintética, ambas com a certificação STANDARD 100 pela OEKO-TEX, para garantir que se sentissem confortáveis ​​no novo uniforme.

Com mais de 1,7 milhão de peças fabricadas para este programa, a American trata-o como um marco, mais detalhes no site news.aa.com/uniforms.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias

Avião Airbus A321neo Vietnam Airlines

Piloto aumenta flaps ao invés de recolher trem de pouso e...

0
A confusão do piloto ao selecionar os flaps ao invés do trem de pouso levou a uma sequência de graves situações críticas em voo.