American é autorizada a executar projeto de hangar em São Paulo

O governo brasileiro, por meio de publicação do ministério dos transportes, comunicou a autorização para o prosseguimento das obras do novo hangar de manutenção da American Airlines no Aeroporto de São Paulo/Guarulhos – o GRU Airport. O projeto, publicado com exclusividade por este portal e orçado em mais de U$D 100 mi, pretende atender 5 aeronaves tipo Boeing 777-300ER simultaneamente, sendo duas posições cobertas pelo hangar e outras três remotas.




A American recebeu a concessão do terreno, que pertence à união, pelo período de 39 anos. A companhia pretende além de prestar serviços para as aeronaves que realizam suas cinco rotas diárias para os EUA, poder atender outras companhias que necessitem de serviços de manutenção. O local, que já está sendo preparado para o início das obras, encontra-se próximo ao pátio de estacionamento remoto, denominado como pátio Lima ou pátio 9.

Dallas, Los Angeles, Miami (2x/dia) e Nova York são as rotas operadas que contam com Boeings 777-300ER e -200ER, além de um Dreamliner 787-900.

Apesar da crise econômica e clima político pesado em nosso país, o porta-voz da companhia, Josh Freed, confirmou à Reuters que a American pretende investir nessa estrutura e que detalhes serão informados em breve.

Recentemente, também foi divulgada uma joint-venture (parceria) entre a American e o grupo LATAM.

Com informações da Reuters

 

 

André Le Senechal

Piloto comercial, ICAO 5. Formando no Bacharelado de Aviação Civil. Respira o ar do Aeroporto Internacional de São Paulo/Guarulhos. Profissional de infraestrutura aeroportuária e controle/despacho operacional de voos. Plane Spotting e Simuladores de voo.