American fecha acordo com Bombardier para aquisição de 15 jatos CRJ900

Imagem: Divulgação / Bombardier

A Bombardier Commercial Aircraft anunciou hoje que assinou um pedido firme de 15 novos jatos regionais CRJ900 com a American Airlines. O contrato de compra também inclui opções para 15 unidades adicionais do modelo. Com base no preço de tabela da aeronave CRJ900, o pedido firme é avaliado em aproximadamente US$ 719 milhões.




As novas aeronaves da American terão o mais recente novidade dos jatos regionais da Série CRJ – a cabine Atmosphère, que oferece uma experiência aprimorada para o passageiro e pode acomodar o maior número de malas “oversized” (de maior tamanho) de qualquer aeronave da mesma categoria.

“Estamos satisfeitos com a contínua confiança da American na Bombardier e na aeronave CRJ900”, disse Fred Cromer, presidente da Bombardier Commercial Aircraft. “Este pedido é uma prova do tremendo valor que a série CRJ oferece às companhias aéreas no mercado regional norte-americano. Com sua excelente economia e novo design de cabine, o CRJ900 continua a oferecer oportunidades únicas de crescimento de receita, enquanto entrega o mais moderno jato regional com características de cabine em consonância com as tendências e requisitos da atualidade.”

A American escolheu a PSA Airlines para operar os 15 CRJ900, que terão configuração de duas classes com 76 assentos, incluindo 12 assentos de primeira classe. A companhia aérea pretende receber a primeira aeronave com o novo interior no segundo trimestre de 2019.

Imagem: Divulgação / Bombardier

Sobre a Cabine Atmosphère

A cabine Atmosphère define novos padrões de experiência de passageiros no segmento de mercado de jatos regionais. As principais características do novo interior são compostas por espaço maior para passageiros, capacidade de transporte de malas com rodas, lavatório mais espaçoso e maior opção de conectividade de cabine, tudo isso integrado em um design contemporâneo. Na verdade, o design da cabine Atmosphère permite que cada passageiro transporte e armazene uma mala “oversized” com rodas dentro das bins da cabine da aeronave, o que minimiza a necessidade de despachar as malas no balcão ou no portão.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da Bombardier.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.