Americanas têm dezenas de MAX parados e centenas de voos cancelados na alta temporada




A Southwest Airlines não usará sua frota de aviões Boeing 737 MAX durante toda a movimentada temporada de verão dos hemisfério norte. A companhia aérea anunciou que cancelou mais voos programados e que já é certo que seus MAX não saem do chão até, pelo menos, 2 de setembro. A Southwest possui 34 dos 737 MAX em sua frota, a maior de todas as companhias aéreas dos EUA.

A Southwest está contatando os clientes em voos que estavam programados para usar aviões 737 MAX e oferecendo opções alternativas de viagem. A mudança fará com que cerca de 100 voos diários sejam removidos do programado, o que é menos de 3% da quantidade normal de voos diários da empresa. “Oferecemos nossas desculpas aos nossos clientes impactados por essa mudança e agradecemos por sua paciência contínua”, disse a empresa em comunicado.

O verão é um dos períodos mais movimentados do ano para viagens aéreas, de modo que os voos perdidos prejudicarão as companhias aéreas. Espera-se que a Boeing encontre formas de compensar as companhias aéreas prejudicadas pelo aterramento da Max.




No início desse mês, a American Airlines disse que estava cancelando cerca de 115 vôos por dia até 3 de setembro, como resultado do aterramento. A maior companhia aérea do mundo possui 24 dos 737 jatos MAX.

Semelhante à Southwest, a American disse que está ajustando seus horários para afetar o menor número de passageiros. Aqueles cujos vôos são cancelados poderão remarcar sem nenhum custo ou obter um reembolso total se não quiserem viajar. A Boeing continua a enfrentar dificuldades à luz do aterramento com queda nas encomendas, pedidos cancelados e impacto reputacional. Além disso, a fabricante está em negociação com todas as empresas usuárias do MAX em vistas a dar compensações pela parada das aeronaves

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.