Início Aeroportos Ampliação de pista de aeroporto pode ser prejudicial a elefantes na Índia

Ampliação de pista de aeroporto pode ser prejudicial a elefantes na Índia

O aeroporto Jolly Grant está pequeno para a demanda . IMAGEM: Trinidade via Wikimedia

O Governo da Índia planeja expandir o Aeroporto Jolly Grant, localizado na cidade de Dehradun, estado de Uttarakhand, no extremo norte do país. O problema é que a ampliação do terminal deve invadir partes da Reserva Shivalik, um santuário de elefantes que abriga mais de 2.000 animais ameaçados de extinção.

A região em que o aeroporto está localizado é um dos portões de entrada da cordilheira do Himalaia e atrai cada vez mais viajantes em busca de roteiros de aventura, religiosos ou simples lazer. Com a taxa de crescimento de passageiros atingindo dois dígitos ao ano, ele precisa de uma reforma para atender à demanda crescente, já que a estrutura atual comporta apenas um pequeno número de aeronaves e o fluxo simultâneo de pessoas é muito limitado.

De acordo com o portal The Hindu, a ampliação prevê a extensão do comprimento da pista para permitir a operação de aeronaves maiores e um novo terminal de passageiros. O governo espera concluir rapidamente a expansão, com planos para o novo terminal ser inaugurado no início de 2022.

Imagem do Google Maps

Infelizmente, o Jolly Grant está localizado ao lado da Reserva Shivalik e próximo a grandes extensões de floresta. O anúncio feito pelo governo de ampliar a área do aeroporto gerou protestos de ambientalistas. Manifestações foram realizadas ao redor do aeroporto em outubro contra a decisão do governo de Uttarakhand de transferir quase um milhão de metros quadrados de floresta para a Autoridade Aeroportuária da Índia (AAI).

Nos planos atuais, cerca de 10 mil árvores precisarão ser cortadas, o que causaria um dano ambiental incalculável. Para acalmar os ânimos, o governo se comprometeu a estudar uma alternativa de terreno para a expansão, mas a redução de dano seria pouco efetiva.

Segundo o jornal indiano India Today, o Uttrakhand State Wildlife Board, órgão estatal responsável pela gestão ambiental da região, ampliou a polêmica ao retirar uma notificação de proteção que incidia sobre a reserva desde 2002.

A medida libera as autoridades a começarem as atividades de desenvolvimento em uma área distribuída por 5.405 quilômetros quadrados o que inclui a expansão do aeroporto de Dehradun. A decisão causou revolta entre muitos ativistas, que alegam que a expansão vai afetar gravemente as populações de elefantes.

Até o momento, não está claro quanto da Reserva precisará ser usado para a expansão do aeroporto, que é estimado em até 84 hectares. O governo já defendeu sua decisão no passado, dizendo que os terrenos florestais são essenciais para a construção do aeroporto. No entanto, o impacto na população de elefantes pode ser muito significativo.

File:Elephas maximus indicus or indian elephants near simlipal national park.jpg
IMAGEM: dibyaranjan giri via Wikimedia