ANAC aprova obras do Aeroporto de Fortaleza já concluídas pela Fraport

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) comunicou nesta semana à Fraport, Concessionária do Aeroporto Internacional de Fortaleza, a aprovação das obras da Fase I-B do contrato de concessão, relativas à ampliação e modernização do terminal de passageiros e infraestruturas associadas e do pátio de aeronaves.

A conclusão das obras foi verificada durante visita técnica da Agência entre os dias 16 e 18 de março. Contudo, em razão da pandemia do novo coronavírus, a concessionária optou pelo adiamento da solenidade de entrega, inicialmente agendada para 31 de março.

As obras concluídas da Fase I-B do Aeroporto de Fortaleza compreenderam investimentos em infraestrutura relacionados ao terminal de passageiros, estacionamento de veículos e vias terrestres associadas, pátio de aeronaves para acomodação de 14 aeronaves simultaneamente e automatização do sistema de inspeção e segurança de bagagens despachadas.

O terminal conta hoje com aproximadamente o dobro de área construída em relação ao início da concessão, com:

  • Níveis diferentes para o embarque e desembarque de passageiros (após a construção de novo viaduto de acesso);
  • Equipamentos novos, como os leitores automáticos de cartão de embarque, os BCPBs (Bar Coded Boarding Pass);
  • Novos balcões de check-in, emigração e imigração;
  • Novo sistema para coleta, identificação e distribuição de bagagens BHS (Baggage Handling System);
  • 15 pontes de embarque (eram 7 no início da concessão).
  • Novas áreas de estacionamento de veículos; e
  • Novas posições de pátio de aeronaves.

Atualmente, a concessionária segue trabalhando em obras para ampliação da pista de pouso e decolagem do aeroporto.

A Fraport Brasil – Fortaleza assumiu as operações do aeroporto em janeiro
de 2018. “Entregar parte de um projeto de tamanha importância para o estado e o país é muito gratificante. Agradeço a todos os envolvidos, às autoridades governamentais, aos órgãos parceiros, ao consórcio construtor, todos os stakeholders e ao time incansável da Fraport. Temos orgulho em cumprir com o acordado e poder contribuir para o desenvolvimento local”, diz Andreea Pal, Presidente da Fraport Brasil.

A Concessionária informa que em outubro de 2018 o Banco do Nordeste aprovou um financiamento de R$ 692 milhões, e a operação, feita com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), compreende 70% do montante total investido no empreendimento. O complemento se dá com recursos próprios da Fraport.

O investimento total das obras é de R$ 1 bilhão, valor que contempla a contratação do consórcio construtor, a compra de equipamentos, e o desenvolvimento e gestão do projeto.

Informações oficiais da ANAC e da Fraport Brasil

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

United já planeja o retorno dos voos do Boeing 777 com...

0
Após o incidente de fevereiro com o motor de um de seus Boeings 777, a United suspendeu os voos com o jato, mas já planeja o retorno.