ANAC chancela a certificação da Itapemirim Transportes Aéreos

A empresa aérea já havia cumprido com todas as exigências no final de abril, quando teve sua aprovação na auditoria operacional da ANAC e, naquele momento, assegurado o Certificado de Operador Aéreo (COA). A formalização de hoje faz parte do rito burocrático do processo, que antecede a publicação no Diário Oficial.

Imagem: Itapemirim

Em Reunião Deliberativa Eletrônica, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) chancelou nesta quinta-feira (20/5) a concessão à Itapemirim Transportes Aéreos para exploração de serviços de transporte aéreo público regular e não regular de passageiro, carga e mala postal, doméstico e internacional.

A aprovação pela Diretoria Colegiada foi a última das cinco etapas do processo de obtenção do Certificado de Operadora Aéreo (COA) pela Itapemirim, que foi iniciado com a solicitação formal apresentada pela empresa.

A outorga, agora aprovada formalmente, aprovada e entrará em vigor quando for publicada no Diário Oficial da União (DOU), o que deve ocorrer nos próximos dias.

As etapas do processo envolveram a preparação e análise documental, as inspeções e avaliações das demonstrações (bases de operações e manutenção, treinamento, voos de avaliação, exame de tripulantes) e a certificação.

Informações da ANAC

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias