Início Empresas Aéreas Antes mesmo de estrear, nova empresa aérea suspende planos por falta de...

Antes mesmo de estrear, nova empresa aérea suspende planos por falta de dinheiro

Avião Turboélice ATR 72-600
ATR 72 – Imagem: Laurent ERRERA / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

A mais nova empresa aérea francesa sucumbiu antes mesmo de fazer sua primeira decolagem em seus voos regulares de transporte de passageiros. A Air Catalogne, que nasceu do encontro entre entusiastas da aviação, tendo como seus fundadores um instrutor de voo e um piloto de linha aérea, anunciou em seu site que não irá decolar no próximo dia 18 de junho conforme planejado.

Em maio, a nova empresa até operou seu primeiro voo de sua base no aeroporto de Perpignan-Rivesaltes. Um serviço fretado para a equipe profissional de rúgbi local para a Inglaterra. Mas, a partir de 18 de junho, a empresa estrearia oficialmente voos de passageiros para Ibiza e Palma de Maiorca, na Espanha, e depois, a partir do início de julho, para Paris-Charles de Gaulle, duas vezes por semana.

A Air Catalogne se considera uma empresa “virtual”, já que, por enquanto, não tem avião nem tripulação. “Subcontratamos tripulações, aprovações e aviões. Mas o objetivo é ter nossas próprias tripulações e aeronaves”, disse Lionel Marti à France Bleu, um dos cofundadores e também chefe da Aerofutur, uma escola de aviação com sede em Perpignan

A empresa optou por usar o turboélice ATR para o transporte de passageiros. “O ATR 72 é o modelo ideal para viagens regionais oferecidas pela Air Catalogne”, afirma a companhia em seu site, que agora passa a apresentar um comunicado logo na página inicial informando sobre a suspensão das operações por falta de financiamento.

Segundo a nota assinada pelos fundadores, trata-se apenas de um adiamento dos planos, mas não de um fim definitivo do projeto. Veja a seguir a íntegra do comunicado.

“É com grande decepção que somos forçados a anunciar que a Air Catalogne não poderá decolar em 18 de junho e deverá cancelar a temporada de verão de 2021!

Apesar dos nossos esforços e do trabalho incansável que realizamos há meses, não conseguimos as garantias financeiras significativas para a conclusão dos voos nos meses de junho, julho, agosto e setembro de 2021.

Teremos aprendido muito neste período e podemos confirmar que a espera pelo projeto que estamos carregando é muito real! Os retornos às vezes políticos, econômicos e sobretudo dos viajantes catalães confirmam essa necessidade de ter uma companhia aérea regional, com sede em Perpignan.

É por essas diferentes razões que este não é o fim do Air Catalogne. Nosso objetivo mudará, mas o objetivo permanece o mesmo. Estamos começando hoje a trabalhar para voltar o mais rápido possível de uma forma diferente…Podemos já avisá-los, vamos trabalhar no trabalhar com nosso Certificado de Transportadora Aérea.

Voltaremos regularmente para informá-lo sobre nosso progresso. O voo com os Catalan Dragons foi um sucesso e agradecemos a confiança depositada. Gostaríamos também de agradecer ao mundo político e econômico local que nos apoiou durante este período.

Com base nas diferentes conclusões que tiramos juntos, agora conhecemos as diversas necessidades de nossa região. Isso nos permitirá seguir um novo roteiro que nos levará ao nosso objetivo.

Entendemos que o tempo de tomada de decisões dos nossos parceiros, administrativos e institucionais, não é o da nossa empresa. Solicitamos, portanto, um plano de apoio econômico significativo, conforme prometido, para atender às necessidades do território.

Os nossos sinceros pensamentos vão a todos os que confiaram em nós e que se dispuseram a viajar conosco, obrigado pelo vosso apoio. Muitos viram a Air Catalogne como o veículo certo para recuperar um pouco de liberdade após esses tempos difíceis, e fomos muito bem recebidos. A presença recorde do nosso site e nas redes sociais atesta isso. Obrigado mais uma vez pelo seu apoio, tudo o que implementamos, fizemos por você.

Voltaremos juntos mais fortes, para continuar a aventura da Air Catalogne!
Este é apenas um tchau.
Vejo você em breve.
Lionel Marti e Yannick Coronil.”

Com informações da Air Catalogne