Antonov revela por que deixou o maior avião do mundo parado por 18 meses

Conforme você pôde ver aqui no Aeroin na última quarta-feira, a Antonov reiniciou nesta semana os voos com o maior avião do mundo, o AN-225, após um período de 18 meses fora de operação.

Antonov AN-225 voo câmera externa
Antonov AN-225, o maior avião do mundo, durante uma decolagem

Embora se suspeitava que a longa parada dizia respeito apenas a um serviço pesado de manutenção, a fabricante ucraniana revelou que o motivo foi mais interessante do que isso. A aeronave passou por um processo de modernização.

Segundo a Antonov, o avião iniciou testes de voo após a instalação de um sistema, projetado na Ucrânia, de gerenciamento e controle de potência de seus seis motores.

Além do sistema, a mídia do país também informa que o AN-225 ainda receberá displays multifuncionais MFD10.SPO.03 da empresa ucraniana VKF Stork LLC, para integração com o Sistema de Controle Automatizado de Bordo (BASC).

O sistema é projetado para monitorar continuamente as condições técnicas de todos os sistemas de aeronaves e operações da tripulação, tanto em voo quanto no desempenho de várias operações em terra, previstas em um único regulamento de manutenção.

MFD10.SPO
O display MFD10.SPO que será instalado no AN-225 – Imagem: VKF Stork

As notícias sobre a modernização são ótimas, pois mostram que ainda veremos o gigante operando por muito tempo em suas missões especiais de transporte de cargas grandes ou pesadas demais para outros modelos de aeronaves. Veja como era o painel original do AN-225 antes desse processo de modernização, que agora colocará a cabine um pouco mais na Era Digital:

Antonov AN-225 painel cockpit
Imagem: Antonov

An-225 Instrumentos Operadores Cabine Imagem Antonov
Imagem: Antonov

O voo de teste

O voo da última quarta-feira (25) partiu da base operacional da Antonov no aeroporto de Hostomel, perto de Kiev, às 13:53 do horário local (08:53 no horário de Brasília) e durou em torno de 2 horas, segundo os dados de rastreamento do FlightRadar24.

FlightRadar24 Voo teste AN-225 modernização
O voo de teste da última quarta-feira – Imagem: FlightRadar24

Durante o teste, o AN-225 subiu até uma altitude máxima de 36 mil pés (cerca de 11 km) e chegou a uma velocidade máxima de 463 nós (cerca de 850 km/h) antes de retornar ao aeroporto de partida.

Na chegada, ainda efetuou uma arremetida pela pista 33 do aeroporto de Hostomel e retornou para o pouso final pela pista 15.

FlightRadar24 Voo teste AN-225 modernização
O retorno ao Hostomel – Imagem: FlightRadar24

Reveja a seguir a bonita decolagem do gigante para o voo de teste, no vídeo divulgado pela própria Antonov na quarta-feira:

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias