Ao cair de Airbus A320, tripulante fica gravemente ferido

O Conselho Finlandês de Investigação de Acidentes (OTKES) iniciou uma investigação após um grave incidente no qual um membro da tripulação de cabine ficou ferido ao cair de uma aeronave Airbus A320 da Finnair.

Avião Airbus A320 Finnair
Airbus A320 da Finnair – Imagem: Alf van Beem [CC]

O Airbus A320, registrado sob a matrícula OH-LXD, realizou o voo AY-450 do aeroporto de Oulu para Helsinque sem intercorrências. Porém, quando a aeronave estava no portão de desembarque e os passageiros já haviam saído, um comissário de bordo (não há informações sobre o sexo) abriu a porta do fundo e caiu de uma altura de 3,5 metros, aproximadamente.

O tripulante de cabine foi levado a um hospital após sofrer ferimentos graves, incluindo várias fraturas ósseas. Sua condição, no entanto, é estável.

Foi aberta uma investigação para esclarecer as circunstâncias da ocorrência. O comissário de bordo teria usado a mesma porta que os passageiros haviam desembarcado.

A principal tarefa será determinar por que não havia mais uma escada quando o tripulante abriu a porta, disse à agência de notícias local a investigadora Janne Kotiranta, da OTKES.

Outros casos semelhantes

Em 12 de fevereiro de 2019, seis passageiros de um voo da Ural Airlines caíram do topo da escada de embarque no aeroporto de Barnaul, na Rússia, quando o cesto da escada de embarque desabou. Quatro dos infelizes passageiros sofreram ferimentos “de gravidade variável” e foram hospitalizados.

“De acordo com dados preliminares, o motivo da queda foi uma falha de construção da escada automotora de passageiros, de propriedade e manutenção do aeroporto”, disse um porta-voz da companhia aérea pela mídia estatal.

Em 14 de março de 2018, um membro da tripulação da Emirates Airlines caiu de uma aeronave estacionada no aeroporto de Entebbe, em Uganda, enquanto preparava a aeronave para o embarque. Ela morreu antes de chegar ao hospital.

No entanto, a Channels Television reportou que Isaac Seremba, uma testemunha que trabalha no aeroporto, descreveu a queda da porta aberta como um suicídio.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.