Apesar de rumores de retorno, CEO da LH diz que o A380 “obviamente não vai voltar”

Airbus A380 – Imagem: Melv_L – MACASR / CC BY-SA 2.0, via Wikimedia Commons

Após rumores de que o emblemático jato Airbus A380 da Lufthansa poderia voltar a voar pela companhia aérea alemã daqui a alguns meses, o CEO da empresa colocou abaixo quaisquer chances disso acontecer.

No mês passado, noticiamos aqui que fontes internas diziam que o modelo de avião de dois andares voltou a ser estudado pela companhia como uma possível solução para o crescimento de demanda premium de primeira classe e classe executiva nos voos da base de Munique em 2022.

Os rumores vieram cheios de esperança, já que a empresa havia anunaciado a reativação de cinco Aibus A340-600 e oito Boeing 747-400, que também já tinham a desativação definitiva oficialmente anunciada.

No entanto, de acordo com o AeroTelegraph, em uma conversa com analista na última quinta-feira, dia 5 de agosto, o CEO da Lufthansa, Carsten Spohr, disse explicitamente o que muitos não queriam ouvir, quando perguntado sobre o superjumbo.

Ao ser questionado por um analista sobre o grande avião, Spohr foi bem direto na sua resposta e disse que “O A380 obviamente não vai voltar” e “O A380 certamente não vai voltar”.

Mesmo com as palavras do CEO da alemã, ainda chama a atenção um fato que coloca em dúvida se a palavra de Spohr é realmente um cheque-mate para o A380. Enquanto outras empresas aérea removeram o modelo de seus sites na internet após anunciarem a aposentadoria, a companhia alemã continua apresentando o gigante em seu portal como parte de sua frota.

A Lufthansa tinha em sua frota 14 dos gigantes jatos, mas, com a chegada da pandemia que prejudicou a demanda por viagens aéreas, oito foram mandando para locais de estocagem, enquanto 6 foram negociados para votar à Airbus.

Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos dessa novela que envolve os emblemáticos superjumbos, na esperança, cada vez mais vazia, de vê-los novamente voando pela Lufthansa.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias