Após 2 horas de voo, piloto desvia avião com estranha vibração na fuselagem

Boeing 737 semelhante ao envolvido no incidente – Imagem ilustrativo: nickyhardinguk, via Pixabay

Um voo precisou ser desviado no meio de sua rota na última quinta-feira, 29 de julho, depois que uma estranha vibração foi percebida na fuselagem da aeronave, gerando preocupação nos pilotos.

Segundo informações obtidas pelo portal The Aviation Herald, o jato envolvido foi o Boeing 737-800 registrado sob a matrícula VP-BQG, operado pela companhia aérea russa Pobeda, subsidiária de baixo custo da Aeroflot.

A aeronave estava realizando o voo de número DP-310 de Krasnojarsk para Sochi, ambas cidades na Rússia, e já mantinha o FL340 (nível de voo 340, ou 34 mil pés de altitude) a mais de 2 horas quando os pilotos decidiram desviar para Ekaterinburg.

O Boeing 737-800 iniciando a descida para Ekaterinburg – Imagem: RadarBox

O motivo relatado pelos tripulantes foi que eles precisaram investigar vibrações sentidas na região frontal da fuselagem, no lado direito. A aeronave pousou com segurança na pista 26L de Ekaterinburg cerca de 25 minutos após deixar o FL340.

A Rosaviatsia, Agência russa que investiga os acidentes e incidentes, relatou que uma inspeção pós-voo revelou que estava aberta a tampa do compartimento onde fica o conector da fonte de alimentação externa. A imagem a seguir ilustra o referido compartimento, com o cabo de alimentação externa conectado.

Boeing 737-800 – Imagem: Raimond Spekking / CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Apesar do voo com a tampa aberta e da vibração sentida, a aeronave não recebeu nenhum dano, segundo a Agência russa. A aeronave foi liberada para retornar ao serviço depois que a tampa foi inspecionada e fechada.

O Boeing 737-800 continuou o voo após cerca de 70 minutos em solo e chegou a Sochi com um atraso de 65 minutos.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Jatos Embraer E190 vão ajudar a aumentar a capacidade de carga...

0
Duas aeronaves do modelo Embraer E190 da Kenya Airways serão alugadas temporariamente para a Congo Airways a fim de ampliar