Após 4 meses, maior avião do mundo Antonov AN-225 volta à ativa

Depois de um período em que foi altamente requisitado em meio ao auge da pandemia, o gigante Antonov AN-225 Mriya, o maior avião do mundo, passou os últimos quatro meses fora de serviço. Agora, no entanto, o gigante volta à ativa.

Durante praticamente todo o primeiro semestre de 2020 e mais o início deste segundo semestre, o AN-225 foi intensamente utilizado para apoiar a alta demanda por cargueiros, uma vez que a crise gerada pela Covid acabou com a disponibilidade dos milhares de aviões de passageiros que transportavam cargas em seus porões ao redor do mundo todo.

Segundo dados dos sites de rastreamento de voos, como o FlightRadar24, o enorme avião de 6 motores e 32 rodas cumpriu dezenas de voos dentro de cada mês, praticamente fazendo apenas paradas para manutenções. Uma movimentação bastante rara, já que em tempos normais o AN-225 só é contratado para o transporte especial de itens muito grandes ou muito pesados, inviáveis de serem levados em qualquer outra aeronave existente.

Mas, apesar de a demanda da aviação ainda estar aquém dos níveis pré-pandemia, a gradual retomada do mercado fez com que o Mriya não fosse mais requisitado nos meses recentes. O último registro de seus voos é de 3 de agosto, quando partiu de Tel Aviv, em Israel, e voltou a sua base operacional, em Kiev.

Histórico de voos do AN-225 – Imagem: FlightRadar24

Porém, uma situação específica, que acompanhamos ao longo de novembro, agora faz com que o AN-225 retorne aos voos. Após o grave acidente com o Antonov AN-124 da companhia aérea russa Volga-Dnepr em Novosibirsk, a empresa optou por tirar de operação toda a sua frota do modelo até que as análises do motivo da falha de motor definam se é seguro voltar a voar.

Assim, a ucraniana Antonov Airlines, que opera o AN-225 e também uma frota do irmão menor AN-124, viu subir a busca por seus serviços de transporte especial nos grandes cargueiros. Com isso, tendo toda a oferta de seus AN-124 ocupada até 27 de dezembro, a companhia informa que está trazendo de volta à ativa o gigante.

Segundo reporta o The Load Star, o diretor comercial da Antonov, Andriy Blagovisniy, disse que, levando em consideração a atual disponibilidade muito limitada de aeronaves AN-124 no mercado, “colocaremos nossa aeronave AN-225 em operação comercial, após realizar a manutenção de rotina.”

Portanto, dentro de mais alguns dias, assim que a manutenção for concluída, poderemos voltar a acompanhar o gigante de volta ao céu apoiando a alta demanda pelo transporte aéreo de cargas.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias