Após aviso, tripulantes insistem em não se vacinar e são demitidos

Boeing 777 Cathay Pacific

Na semana passada, publicamos aqui no AEROIN que a Cathay Pacific vinha alertando um grupo de pilotos e comissários de bordo sobre uma possível demissão, caso os tripulantes não se vacinassem.

O grupo de 60 e 80 tripulantes começou a ser indagado pela companhia aérea sobre a vacinação, estipulada até a data de 31 de agosto. A empresa enviou comunicado pedindo explicações sobre o motivo de os tripulantes demorarem mais de 9 semanas para receberem a medida de proteção.

Agora, após os avisos, a companhia aérea com sede em Hong Kong confirmou na última terça-feira, 7 de setembro, que havia demitido um pequeno grupo após a recusa de se vacinar. A decisão ocorreu também por falta de justificativa ou apresentação de isenção da aplicação do imunizante.

Segundo relata o Paddle Your Own Kanoo, a maioria dos pilotos e comissários que estão sem se vacinar são pessoas que possuem isenção médica ou estão de licença trabalhista. No total, cerca de 99% dos pilotos e 93% dos tripulantes estão vacinados.

O porta-voz da companhia aérea comentou que a Cathay Pacific decidiu, mediante o protesto dos colaboradores em não se vacinar, separar-se de um pequeno número de tripulantes:

“Está claro para todos nós agora que o coronavírus é um vírus terrível e que manter nossos clientes, comunidades e famílias seguros é de extrema importância. Os controles de fronteira em todo o mundo reduziram drasticamente nossa capacidade de operar com tripulações não vacinadas.

Os tripulantes não vacinados da empresa estão proibidos de realizar voos e até mesmo tendo negado seu acesso ao Aeroporto de Hong Kong, principal hub da Cathay. Atualmente, todos os voos são realizados por tripulantes vacinados.

Para muitos a atitude da companhia pode parecer arbitrária, mas, diante da pandemia que assolou o mundo nos últimos meses, a decisão se torna a mais segura para os viajantes, além de se enquadrar nos padrões de segurança impostos por onde a companhia aérea voa.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias

Comandante Sully, o herói do rio Hudson, assume importante cargo na...

0
O Senado americano confirmou, na semana passada, o piloto Chesley "Sully" Sullenberger como seu embaixador na Organização