Após dupla colisão com pássaros, Embraer E195 da Azul desiste de decolar

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Um jato do modelo Embraer E195-E1 da Azul Linhas Aéreas, registrado como PR-AYY (pintura “Azul Viagens”), deveria fazer o voo AD-4834 no dia 26 de outubro, mas os planos foram repentinamente alterados depois de a aeronave sofrer um duplo “bird strike” (colisão com pássaros) quando já corria na pista para decolar.

Segundo registros do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA), a aeronave decolaria do Aeródromo Lauro Carneiro de Loyola, em Joinville (SC), com destino a Viracopos, a principal base da Azul, a fim de realizar transporte aéreo regular, com cinco tripulantes e cento e quatorze passageiros a bordo.

Durante a corrida de decolagem ocorreu a colisão da aeronave com pássaros, vindo esses a acertarem o trem de pouso do nariz e o motor direito, resultando numa decolagem abortada pelos pilotos. No CENIPA, os registros dão conta de que a aeronave teve danos leves, restritos ao motor.

Embora imagens do incidente não tenham sido compartilhadas ao público e, portanto, não seja possível ver a extensão dos danos, informações do FlightRadar24 mostram que o voo foi cancelado e a aeronave ficou em solo catarinense até a noite do dia seguinte, 27 de outubro, quando partiu para Campinas em voo de traslado (AD-9801).

Apenas no dia 28 a aeronave retornou à malha aérea da empresa.

Caso comum

Colisões com pássaros são incidentes relativamente comuns e os pilotos são preparados para lidar com essas situações, seja em solo ou em voo. Casos mais críticos são aqueles em que o “bird strike” danifica todos os motores de uma aeronave e pode obrigar os pilotos a um pouso forçado. No entanto, essas são ocorrências muito raras.

Um outro caso raro aconteceu recentemente, quando um Embraer E195 da Azul atropelou um cachorro enquanto corria para decolar em Tabatinga (AM). Curiosamente, o jato também tinha uma pintura especial, no caso o de cor verde, que ilustra as ações de sustentabilidade da empresa aérea.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias