Após horas a bordo de voo atrasado, passageiros tentam invadir a cabine do piloto na Índia

Passageiros raivosos em um avião da Air India atacaram a tripulação com xingamentos e ameaçaram invadir o cockpit depois que foram forçados a passar horas a bordo de um voo atrasado por razões técnicas. A situação foi capturada em vários vídeos.

Avião Boeing 747 Air India passageiros
Imagem: Adrian Pingstone [CC] via Wikimedia Commons

O voo AI865 da Air India estava prestes a fazer mais uma viagem entre a capital, Delhi e Mumbai na quinta-feira, quando uma falha técnica forçou o Boeing 747 com 294 passageiros a retornar da pista para a rampa.

A tripulação, no entanto, não deixou as pessoas desembarcarem imediatamente, esperando que o problema fosse menor e que fosse resolvido no local. Não foi isso o que aconteceu e os passageiros acabaram estressados.

4 horas

Os passageiros tiveram que passar mais de quatro horas presos no avião antes de, finalmente, serem liberados para descer da aeronave. As longas horas de espera afetaram a paciência das pessoas, que não pensaram duas vezes antes de agredir verbalmente os comissários.

Mas o ponto alto foi quando os passageiros descontentes se puseram em pé no corredor enquanto a tripulação da cabine tentava acalmar as coisas. Um grupo de pessoas particularmente agitadas pode ser visto batendo na porta do cockpit, exigindo que os pilotos saíssem. Segundo Khaleej Times, alguns podem ser ouvidos chamando os pilotos de “perdedores”, enquanto outros ameaçam arrombar a porta.

A tripulação ainda conseguiu manter as coisas sob controle por algum tempo, pois, segundo a mídia local, os passageiros passaram mais algum tempo dentro do avião sem muita perturbação e a cabine permaneceu intacta.

Quando a tripulação estava prestes a deixar os passageiros saírem, uma mulher perdeu o controle e correu para a porta de saída para abri-la sozinha. Uma comissária de bordo teve que intervir.

Outra aeronave

Após tamanho estresse, os passageiros voaram para Mumbai em outra aeronave com um atraso de oito horas. Tudo acabou bem por enquanto, mas o regulador da aviação civil da Índia, DGCA, lançou uma investigação sobre o caso e quer saber quem são os passageiros indisciplinados.

“A DGCA pediu à administração da Air India que tome as medidas necessárias contra passageiros indisciplinados”, disse a autoridade do órgão regulador à imprensa local, sugerindo que a empresa aérea processe judicialmente as pessoas.

De acordo com uma declaração oficial da companhia aérea, “o voo atrasou devido a um problema técnico na quinta-feira e teve que voltar para a rampa. Os passageiros começaram a bater na porta da cabine, pedindo e provocando os pilotos a sair.”

Pena vitalícia

A Índia introduziu recentemente novas regras destinadas a combater o comportamento indisciplinado nos aviões. As punições sob esses regulamentos variam de três meses de penas sociais ou detenção para “gestos físicos ou assédio verbal” a uma proibição vitalícia de voar por “comportamento ameaçador”, danos a uma aeronave e tentativa ou violação real ou incorreta do cockpit.

Carlos Ferreira
Managing Director - MBA em Finanças pela FGV-SP, estudioso de temas relacionados com a aviação e marketing aeronáutico há duas décadas. Grande vivência internacional e larga experiência em Data Analytics.

Veja outras histórias