Após lucro da Delta, United não consegue mesmo resultado no 2º trimestre de 2021

Boeing 787-9 United Airlines
Boeing 787-9 da United – Imagem: Mark Harkin / CC BY 2.0, via Wikimedia Commons

A United Airlines apresentou na terça-feira, 20 de julho, seus resultados financeiros referentes ao 2º trimestre de 2021 (2T21, ou 2Q21 em inglês), que mostram que, apesar de uma boa recuperação, a companhia não teve um desempenho semelhante ao de sua concorrente Delta Air Lines no período.

A Delta apresentou na semana anterior um resultado líquido positivo (lucro) para o 2T21 em termos de valores não ajustados, após 5 trimestres de prejuízos desde o começo da pandemia no início de 2021. Em termos ajustados, que incluem fatos não recorrentes, o resultado ainda foi de prejuízo, mas com grandes expectativas de lucro no 3º trimestre.

Já a United ainda não se recuperou a ponto de virar suas contas para o positivo já neste trimestre encerrado em 30 de junho. A empresa espera uma receita positiva no terceiro e quarto trimestres de 2021, à medida que a demanda por viagens se recupera.

A perda líquida reportada no segundo trimestre de 2021 foi de US$ 0,4 bilhão, e a perda líquida ajustada foi de US$ 1,3 bilhão.

Apesar disso, a companhia destaca que seu desempenho no segundo trimestre excedeu amplamente as expectativas originais, já que as viagens internacionais de longa distância e de negócios aceleraram ainda mais rápido do que o previsto, juntamente com a melhoria contínua do rendimento.

Olhando para o futuro, a empresa espera ganhos contínuos à medida que mais negócios retornam até o final do verão e em 2022, com uma recuperação total da demanda prevista para 2023.

A capacidade reportada pela United oferecida seus voos no segundo trimestre de 2021 foi 46% inferior em comparação com o período anterior à pandemia, o segundo trimestre de 2019. A expectativa para o terceiro trimestre de 2021 é que o valor se reduza para queda de 26% em comparação com o terceiro trimestre de 2019, uma melhora de 39% em relação a este trimestre anterior.

Destaques do 2º trimestre

– Anunciou a compra de 270 novas aeronaves Boeing e Airbus – o maior pedido combinado na história da companhia aérea e o maior por uma transportadora individual na última década.

– Como parte do “United Next” anunciou planos para reformar 100% frota de fuselagem estreita de sua linha aérea principal, para transformar a experiência do cliente e criar um novo interior exclusivo com um aumento de cerca de 75% nos assentos premium por partida, compartimentos superiores maiores, entretenimento no encosto em todos os lugares e o WiFi disponível mais rápido do setor.

– Estabeleceu uma nova meta de diversidade ao se esforçar para que 50% dos alunos da nova United Aviate Academy sejam mulheres e pessoas de cor.

– Lançou o primeiro programa Eco-Skies Alliance℠ por meio do qual clientes corporativos contribuíram para a compra de aproximadamente 3,4 milhões de galões de combustível de aviação sustentável (SAF) em 2021.

– Assinou um acordo comercial com a empresa aeroespacial Boom Supersonic, sediada em Denver, para adicionar aeronaves supersônicas à sua frota, bem como uma iniciativa de sustentabilidade cooperativa – um movimento que facilita um salto à frente no retorno de velocidades supersônicas à aviação.

– Forneceu aos clientes a capacidade de agendar testes de COVID-19 e ter os resultados analisados ​​com antecedência por meio do Travel-Ready Center da United.

– Associou-se a mais de uma dúzia de novos parceiros ambientais sem fins lucrativos para fortalecer o compromisso da empresa com a sustentabilidade de se tornar 100% verde, reduzindo suas emissões de gases de efeito estufa em 100% até 2050.

– Lançou um novo fundo de risco corporativo – United Airlines Ventures – que permitirá à companhia aérea continuar investindo em empresas emergentes com potencial para influenciar o futuro das viagens.

– Ofereceu aos membros do programa de fidelidade a chance de ganhar voos grátis por um ano de viagem por meio de sorteios “Your Shot to Fly” para incentivar a vacinação da COVID-19 em apoio ao esforço nacional do governo Biden para incentivar as pessoas a se vacinarem.

Com informações da United Airlines

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias