Após mais de 30 anos, Top Gun irá voltar e com Tom Cruise.

Maverick estará de volta para a Danger Zone na sequência do filme de aviação mais famoso de todos os tempos: Top Gun. O ator Tom Cruise confirmou a notícia durante entrevista para uma TV australiana.




Segundo Tom, “é verdade, eu vou começar a filmar no próximo ano, a sequência realmente vai acontecer, definitivamente”. Os apresentadores ficaram paralizados com a notícia que é esperada por muitos. O ator destacou ainda que era a primeira declaração oficial sobre a continuação do filme, que deverá contar com boa parte do time original.

TopGun foi filme com maior bilheteria no seu ano de lançamento, 1986, e foi pioneiro ao mostrar cenas aéreas de combate com os aviões tão próximos da câmera. O filme foi um sucesso total e consagrou Tom Cruise, que interpretou o habilidoso e teimoso piloto de F-14 Tomcat, Pete Maverick Mitchell.

O mítico F-14 Tomcat já não faz parte mais da frota da Marinha Americana, e rumores apontam para o F-35 Lightning II como o avião-ator da trama, que irá girar em torno da habilidades de pilotos reais contra drones, veículos aéreos não tripulados. O papel de Maverick ainda não foi definido. Se o filme seguir a cronologia real, nos dias de hoje o Maverick seria um Almirante Chefe de Operações Navais ou teria se aposentado.

Uma data ainda não foi fechada, mas com as gravações começando no próximo ano, espera-se que o filme seja lançado entre o final de 2018 e o ínicio de 2019. O primeiro filme comemorou 30 anos no ano passado, como destacamos em uma matéria especial.

Informações pelo USA Today. 

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Lufthansa põe nova data para o retorno do Jumbo Boeing 747...

0
A volta do mais icônico dos jatos de passageiro ao Brasil já tem data prevista, e será com a alemã Lufthansa com seu Boeing 747-8i.