Após previsão de lucro de $1 bilhão de euros, ações da Ryanair disparam

As ações da irlandesa Ryanair, uma das maiores companhias aéreas de baixo custo e baixa tarifa do mundo, apresentaram forte movimento de alta após anúncio de previsão de lucros acima das estimativas anteriores.

Avião Boeing 737 Ryanair

A Ryanair, maior operadora mundial do Boeing 737-800 com mais de 360 unidades, elevou sua previsão de lucro para este ano após um período de Natal e ano novo melhor do que o esperado, graças às reservas de última hora.

A companhia aérea disse na sexta-feira (10) que agora espera um lucro antes dos impostos de 950 milhões a 1,05 bilhão de euros no ano fiscal de 2020, que termina em março, acima da faixa prevista anteriormente de 800 milhões a 900 milhões de euros. Com base nas negociações atuais de passagens, espera atingir o ponto médio desse novo intervalo de lucro.

Ações e perspectivas em alta

Com a boa notícia, as ações da Ryanair subiram 8,5% no início das negociações da sexta-feira, e se mantiveram em forte alta até o fechamento em 5,7%. As da easyJet, grupo IAG (Ibéria e British) e Lufthansa também registraram algum ganho, quando os investidores apostaram que as rivais da Ryanair terão, da mesma forma, um bom retorno pelas festas de fim de ano.

Ryanair Ações Stocks Alta Lucro 1 bilhão euros
Cotação das ações da Ryanair na sexta-feira – Imagem: Google

Os números mais recentes são um impulso bem-vindo à Ryanair, que sofreu com a perturbação de toda a indústria causada pelo aterramento dos jatos 737 Max da Boeing.

A companhia aérea reduziu duas vezes suas previsões para o número de passageiros que espera transportar em seu ano fiscal de 2021, pois agora deve receber apenas 10 jatos Max no verão de 2020, em vez dos 20 que ele planejava anteriormente.

A Ryanair disse na sexta-feira que as reservas antecipadas de passagens para este trimestre estão 1% à frente do ano passado, e com tarifas acima do esperado. Também aumentou sua previsão para o número de passageiros transportados neste ano, de 153 para 154 milhões.

Prejuízo na Laudamotion

Aviões Ryanair Laudamotion
© Boeing / Laudamotion / AEROIN

No entanto, a Ryanair alertou que as perspectivas para sua companhia aérea austríaca Laudamotion eram menos favoráveis ​​- ela enfrentou uma concorrência de preços no mercado local, de modo que as tarifas médias no Natal foram inferiores ao esperado.

O prejuízo líquido da Laudamotion para o ano deve aumentar de menos de €80 milhões para cerca de €90 milhões.

A companhia austríaca surgiu em janeiro de 2018, quando o ex-piloto de Fórmula 1, Niki Lauda (agora falecido) assumiu a Amira Air e renomeou-a para Laudamotion. Até fevereiro de 2018, a empresa aérea operava voos comerciais fretados com uma frota de jatos executivos. Em seguida, essa operação foi transferida para uma nova unidade para dar lugar a voos regulares de passageiros.

Em 20 de março de 2018, a Ryanair anunciou que assumiria 75% da Laudamotion. Relatou-se que o acordo valeu um montante inicial de € 50 milhões mais € 50 milhões para o primeiro ano de operação e custos operacionais.

A intenção é alcançar rentabilidade até o terceiro ano de operações com uma frota de 30 aeronaves.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduado em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Latam Airlines transportou o fígado que mudou a vida do jovem...

0
O estudante João Wesley, de 17 anos, viveu uma história de angústia durante a infância e precisou de um novo fígado para ter a oportunidade de uma vida